Torcida do Fluminense celebra o título da Libertadores com os jogadores no centro do Rio

Facebooktwitterpinterest

O dia 4 de novembro ficará marcado pela eternidade na história do Fluminense e de sua torcida. O título da Copa Libertadores, obsessão do clube, acarretou desde o dia da conquista, diversos focos de festas. Mas era preciso marcar ainda mais esse dia e dividir com os torcedores que não puderam estar no Maracanã.

Foi então que, a diretoria do Fluminense, junto à Prefeitura do Rio, organizou o “Desfile dos Campeões” no domingo (12/11). E o resultado não poderia ser outro: Muita festa, celebração e euforia.

O trio elétrico com os jogadores e comissão técnica saiu da Praça XV às 8 horas da manhã, já com uma grande concentração de tricolores pelas ruas. Durante o percurso, auto falantes com músicas, bateria e grupo de pagode traziam a torcida pra cima.

Jogadores e torcida estavam em completa sintonia. Os integrantes do elenco foram muito ovacionados e o jargão “vitória, Fluminense” do treinador Fernando Diniz, foi repetidamente gritado pelos torcedores.

 

Provocações

Como de costume em celebrações de times brasileiros, não faltaram provocações aos rivais. Ora puxada pelos torcedores, ora pelos jogadores do Fluminense. Todas de maneira sadia e em tom de brincadeira.

Clima e estimativa de público

Com a temperatura na casa dos 40 graus, os termômetros apontaram como um dos dias mais quentes do ano na cidade. Mas isso não espantou a torcida tricolor. Segundo a Polícia Militar 100 mil tricolores participaram da festa. Já o clube, em suas redes, divulgou o dobro deste número.

Princípios de confusão e casos de furto

Tem se tornado rotina episódios de brigas e furtos quando se trata de grandes eventos no Rio de Janeiro. Em pelo menos três momentos jogadores e organizadores do evento pediram calma a torcida e repudiaram o empurra-empurra. Apesar disso, em nenhum momento a força policial foi exigida.

Próximos compromissos

Após a Data Fifa, o Fluminense enfrenta o São Paulo no Maracanã. O jogo será marcado pela entrega das faixas entre o campeão da Libertadores e Copa do Brasil respectivamente. Mas o foco principal do time é o mundial. E já tem data para o jogo do tricolor. Dia 18 de dezembro, às 15 horas. O adversário ainda não foi definido.

 

Por João Pedro Faria – repórter do Fim de Jogo, integrante do projeto da DC Press / Fimdejogo e da Universidade Veiga de Almeida. Edição Cris Dissat, supervisão do Projeto Daniela Oliveira

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Equipe Fimdejogo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *