Libertadores: Fluminense 1 x 0 The Strongest

Facebooktwitterpinterest

Uma comemoração, com aquela respirada profunda, quando o juiz apitou o fim da partida entre Fluminense e Strongest no Maracanã. Um golzinho só para aflição da galera, mas os pontinhos garantidos na Libertadores.

A gente sentia uma preocupação no ar nas arquibancadas, porque o tricolor não conseguia furar o bloqueio que o Strongest se programou pra fazer. Como disse um torcedor: “Que jogo tenso!”. A situação ficou tão complicada que vimos até um chutão na pequena área do Fluminense, porque era o melhor que podia ser feito. Se vai ter bronca do Diniz? Nem dá pra perguntar, era preciso fazer.

Foram muitas tentativas, algumas dando certo mas sem a finalização que precisava. Também teve bola na trave, mas ficou no 1 a 0.

Primeiro Tempo

Um primeiro tempo que misturou apreensão e comemoração. Isso porque estava difícil passar pelo bloqueio do Strongest. Outra preocupação foi a substituição de Marcelo ainda na fase inicial do jogo. John Kennedy ficou com a responsabilidade.

E quando digitava que a situação estava complicada, o Fluminense conseguiu abrir o placar com gol de Nino. (fotos Celso Pupo/DC Press)

Chegada ao Maracanã

O trânsito não ajudou nada nessa terça-feira para a chegada ao Maracanã. Até um dos nossos repórteres teve que sair do uber e, literalmente, correr para entrar no estádio faltando 1 minuto para o fechamento do credenciamento. Pois é, nosso prazo máximo para entrar é até uma hora antes do início do jogo.

Quem entrou atrasada também, mas até que não é novidade, já que é um hábito, foi a Torcida do Fluminense. Os times já estavam em campo e faltava muita gente nas arquibancadas.

Tentaram atrapalhar a festa

Muitos torcedores do Fluminense reclamaram sobre a decisão da Conmebol de não permitir as faixas como foram colocadas nas arquibancadas. O pessoal trabalhou à noite, montou tudo e depois mandaram tirar, deixando só as faixas que iam de cima a baixo nas arquibancadas.

No Twitter os questionamentos foram muitos porque, como escreveram os torcedores, outras festas e mosaicos já foram feitos. Alguns comentaram a falta de pressão do Fluminense para manter a montagem, mas existem muitos bastidores dessas questões que são difíceis de serem entendidos.

Explicando as Regras

Assim como a Torcida do Fluminense ficou limitada na montagem das arquibancadas, a imprensa também tem uma série de questões, entre elas a proibição em relação a vídeos. Os veículos credenciados não podem filmar a partir do momento que entram no Maracanã. Somente são permitidos na área mista e a coletiva. Com essa determinação, tivemos que encontrar algumas formas de trazer o clima do estádio para a cobertura pelo Twitter.

 

Participou da cobertura no Twitter – o repórter Antonio Brenna, do Projeto Educacional do FimdeJogo/DC Press e a Universidade Veiga de Almeida.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *