Vasco não consegue segurar e perde para o Corinthians por 4 a 2

Facebooktwitterpinterest

Só complicou. O início da partida parecia que as coisas iriam caminhar de forma melhor. O Vasco abriu logo o placar aos 4′ de jogo. Era o que a Torcida precisava para continuar acreditando que a noite terminaria melhor. Só que não foi bem assim a história. O nervosismo que envolve o time quando o placar começou a oscilar é o mais difícil de organizar. Foram seis gols, o que parece que foi um jogão, mas não é exatamente o que acontece. Pelo Vasco, os gols foram de Puma e Vegetti, pelo Corinthians marcaram Romero (2), Gabriel Moscardo e Giovane. (fotos Celso Pupo/DC Press)

A variação do Vasco complicou o jogo. A concentração precisa ser maior do que se apresentou e nem os comentaristas conseguiam se entender sobre o rendimento ou não do Vasco.

 

As conversas pelas redes sociais era muito mais sobre a sensação de frustação do que análise do jogo. O time parou depois que tomou o gol de empate do Corinthians, o que mostra que não é em campo, mas o emocional nas arquibancadas e em campo estão tirando o sono de todo mundo.

 

Público e renda

O torcedor tem feito o que pode e uma das formas é encher São Januário. Mais um dia com ingressos esgotados. No total foram 20.577 presente, 20.220 pagantes e renda R$ 1.057.072.

Hoje o Vasco demonstrou duas personalidades. Uma brigadora, impondo pressão por estar jogando em casa e diante de sua torcida, a outra, sendo passivo e vendo ser dominado pelo adversário. Quando brigava competiu, fez seus gols, incomodou o Corinthians e inflamou seu torcedor que apoiou cegamente até o final. Porém, quando faltou o gás extra e a criatividade foi severamente punido. Qual será o Vasco dessa reta final, o Vasco valente ou o Vasco fragilizado? O torcedor vascaíno espera que o valente.

 

 

Cobertura – Paulo Karam do Projeto Educacional do FimdeJogo/DC Press com a Universidade Veiga de Almeida, edição Cris Dissat, supervisão do Projeto, Daniela Oliveira. Fotos Celso Pupo/DC Press

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Equipe Fimdejogo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *