Semifinal da Libertadores: Flamengo 2 x 0 Barcelona SC

Facebooktwitterpinterest

São visões diferentes no mesmo jogo, quando acompanhamos pelo Twitter. Mas o que deu para observar foram momentos com mais e menos intensidade. Vários lances com boas tabelinhas muito rápidas entre os jogadores do Flamengo, e se fosse por merecimento, o Flamengo poderia ter saído com mais três gols contra o Barcelona. O Flamengo ficou nos 2 a 0, marcados pelo Bruno Henrique, que estava muito bem.

Um bom resultado, mas a torcida rubro-negra queria um pouco mais, para ter menos estresse na próxima semana. Além disso, a expulsão de Leo Pereira no finalzinho, em um lance de ataque, irritou muita gente. Os torcedores precisavam de um tempo de recuperação para digerir melhor o lance e isso foi, gradativamente, acontecendo à medida que desciam pela rampa monumental.

Jogos e Estratégias

Barcelona foi um time de pensamento rápido, e se posicionou bem, mesmo com menos um, já que Molina foi expulso ainda no primeiro tempo. Nos três minutos do segundo, a intensidade continuou. Diego Alves foi um dos melhores em campo, com defesas decisivas, mas David Luis e Andreas também estavam bem.

Foram duas semifinais da Libertadores, em dois dias seguidos. Se isso vai interferir no resultado final a gente nem imagina, mas foram duas partidas completamente diferentes. Enquanto Flamengo e Barcelona queriam um jogo intenso, Palmeiras e Atlético Mineiro fizeram uma partida burocrático, esperando ver se alguém errava.

Sensação do Retorno

Marcos Freitas, torcedor do Flamengo, não entrava no Maracanã desde o início da pandemia. Ele é aquele rubro-negro  que sempre faz tudo para acompanhar o clube, mas sabia que o momento para esperar. A foto é dele.

Depois de pensar muito, ele decidiu ir ao jogo hoje e optou pelo Setor Sul, onde poderia ficar mais tranquilo (aliás, sempre foi), e manter o controle de distanciamento sócias e demais protocolos da Covid-19.

A frase que ele me mandou, pelo whatsapp, na hora que entrou na arquibancada dava para entender: “Estou emocionado demais. Nem sei como descrever”. Como ele, muitos torcedores sentiram a mesma sensação.

Sabemos que ainda é preciso mais controle e precisamos esperar para o retorno na hora certa, mas impossível não ficar mexido com a partida de hoje. Passei um ano e meio, digamos sozinha (e com os colegas, lógico), e de repente os torcedores estavam de volta. Voltaram a ser meu termômetro da partida.

Tenho procurado fazer tudo dentro dos protocolos, com afastamento, máscara, vacina e álcool gel, mas sabemos que nem todos estão seguindo. Sabemos que ainda é preocupante a volta, mas como equilibrar tudo isso é um grande desafio.

O que vai acontecer nas próximas partidas, ainda não sabemos. É aguardar.

Tivemos 23. 083 presentes, 22.193 pagantes e renda de R$ 4.062.780,00. Ainda é muita gente para espalhar pelo estádio.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *