Olaria Faz Testagem do Covid-19 em Atletas e Funcionários

Facebooktwitterpinterest

As testagens são fundamentais para que possa ser feito um planejamento mais adequado e com segurança. Várias empresas começam a apoio ações como  a testagem no Olaria, feita pela Medlevensohn, distribuidora brasileira de produtos médicos e hospitalares, através do braço de ação social, o MedSocial.

Na testagem sete jogadores do Olaria foram afastados pelo diagnóstico de Covid-19. A empresa doou 50 testes rápidos para o novo coronavírus ao Olaria Atlético Clube, para ajudar na retomada das atividades esportivas.

Entendendo o Teste e os Resultados

O Medteste Coronavírus é feito com uma gota de sangue, coletada do paciente e pode identificar a existência tanto da IgM (Imunoglobulina M) quanto da IgG (Imunoglobulina G), anticorpos produzidos pelo organismo quando atacado pelo vírus que causa a Covid-19.

Quando, ao se submeter ao teste, os dois indicadores apresentarem resultado negativo, a pessoa testada não está com a doença ou ainda não desenvolveu anticorpos. Caso o resultado apresentado seja IgG negativo e IgM positivo, a infecção é recente. Mas, quando o teste indica IgG positivo e IgM negativo, a infecção é antiga, o que pode indicar que aquela pessoa esteja imune ao vírus.

A ação, realizada na sede do clube, testou 47 pessoas, dentre jogadores e comissão técnica. Segundo as informações da Medlevensohn, “os exames apontaram que um funcionário do clube teve contato com a doença. Dentre os jogadores, quatro possuem anticorpos de longo prazo (IgG positivo) para a Covid-19, apontando provável imunidade. Já outros sete foram diagnosticados como estando na fase aguda da doença (IgM positivo) e afastados dos treinos por 14 dias.

“Nosso objetivo foi contribuir para que todos os atletas e os colaboradores do clube sintam-se seguros para retomar suas atividades, sem colocar em risco a saúde de seus familiares. É uma pequena contribuição para que possamos vencer a pandemia e ter de volta a alegria do esporte”, resume Verônica Szuster, sócia-diretora da Medlevensohn.


Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *