O Projeto Educacional do FimdeJogo e a Universidade Veiga de Almeida

Facebooktwitterpinterest

Em 2018, surgia um projeto na área de educação entre o FimdeJogo e a Agência UVA (da Universidade Veiga de Almeida). Em pouco tempo os resultados apareceram e a parceria se ampliou para a Universidade.

Desde então são vários alunos que vem passando por estas experiências do mundo real junto conosco. Ao longo desse período, fizemos ajustes, adaptações e é bom demais vê-los chegarem mais bem preparados ao mercado de trabalho.

Não tem moleza não. É bronca quando precisa, é elogio quando merece e dicas sempre que são necessárias. O que tenho que falar publicamente, agora, é que essa iniciativa faz parte da minha vida. Faz falta quando não nos encontramos nas reuniões de pauta, que passaram a ser presenciais em 2023.

Eles estão aqui, o time atual contando um pouco sobre o que sentem com esse projeto. Desde já, agradeço muito a Daniela Oliveira que junto comigo toca a ideia e vemos, com muita alegria, a evolução de cada um deles.

 

 

PS (como se falava antigamente) – os textos a seguir não tiveram edição. Agradeço o carinho de cada um de vocês.

Antonio Brenna – 2 anos no Projeto

É muito especial poder falar sobre Fim de Jogo, são 20 anos tornando tudo mais acessível pra quem realmente importa, o torcedor. Mas por trás de tudo isso, tem muita dedicação, responsabilidade e muito carinho pelo que é feito.

Eu mesmo completo 24 anos agora em fevereiro, tenho quase a mesma idade do Fim de Jogo e poder estar ali dentro, aprendendo e vendo como tudo isso é feito, pensado e realizado é uma oportunidade única.

Nem sempre é fácil, na verdade nunca é fácil, mas é tão prazeroso correr atrás das informações, estar presente em eventos que todo mundo gostaria de estar, que isso torna o trabalho apenas uma extensão do nosso lazer. Muitas vezes funciona até como uma forma de se desligar do mundo e relaxar a cabeça.

Desejo tudo de melhor ao Fim de jogo, vida longa e um parabéns mais que especial pra Cris, Celso e Patrícia, que se desdobram em mil pessoas pra estarem presente em tantos eventos, jogos e coberturas. Um veículo que construiu tantos amigos e feitos importantes não é pra qualquer um!!

João Pedro Faria – 6 meses no Projeto

Fazer parte de uma história tão bonita como a do Fim de Jogo não tem preço. São 20 anos prestando um serviço fundamental ao torcedor, que por muitas vezes é negligenciado por outras mídias. E estar no Fim de Jogo, acompanhando e colaborando, é muito gratificante. Tudo é feito com carinho e responsabilidade.

Agradeço a Cris Dissat por ter me permitido viver essa experiência incrível. E como jornalista, a parabenizo por estar há 20 anos fazendo um bem tão grande ao jornalismo, profissão a qual escolhi para minha vida. Que venham muitos mais anos pela frente. Os apaixonados por esporte e jornalismo agradecem!

Raphael Molinaro – 6 meses no Projeto

Faço parte da equipe do Fim desde setembro de 2023, nesse período, apesar de pouco tempo de trabalho no blog, pude viver experiências profissionais maravilhosas, atividades e tarefas especiais que guardarei para sempre em minha memória. Fico muito feliz e orgulhoso de poder fazer parte desse projeto, produzir todos os materiais e conteúdos que produzimos não seria possível sem a equipe que temos.

Trabalhar no Fim de jogo é incrível, ainda mais em um momento de início de carreira, onde a insegurança e a inexperiência tomam conta. No projeto nos sentimos tranquilos, auxiliados por profissionais maravilhosos, como a Patrícia, que se desdobra para acompanhar as coberturas, produzir textos e ainda arranja um tempinho para revisar nossos textos; o Celso, que nos acompanha em todas as coberturas, nos ajuda e produz fotos lindas para nossa equipe. Já a Cris, é a nossa “chefa”, como ela mesmo diz hahaha, está sempre com a gente, nos acompanhando, nos mostrando todos os caminhos e dando os melhores conselhos para nossa caminhada. Esses três são os pilares do nosso projeto e estão sempre prontos para nos ajudar.

Quero parabenizar o Blog Fim de Jogo pelos 20 anos e parabenizar também a Cris, pela paciência, perseverança, coragem e pelo amor que ela tem pela profissão, pois sem isso, todas essas conquistas não seriam possíveis e não estaríamos aqui, hoje, comemorando essa data marcante para todos nós que temos o Fim de Jogo no coração.

Poder fazer parte desse lindo projeto é especial, e o meu desejo é que essa data possa se repetir e ser comemorada por muitos e muitos anos e que possamos continuar levando informação, curiosidades e alegria para todas as torcidas cariocas, de maneira prática, acessível e na linguagem do torcedor!

Parabéns, Fim de Jogo!

Oliver Moraes – 1 ano e meio no Projeto

No ano que o Fim de Jogo comemora suas duas décadas de existência, eu também celebro um marco importante na minha própria história: Dois anos participando e contribuindo diariamente com este projeto que me abriu portas e que continua me proporcionando momentos incríveis.

Estar vinculado a um lugar que te abraça, ensina e motiva a buscar mais e mais é de uma alegria imensa, daquelas que você não consegue mensurar. Foi isso tudo que encontrei quando a Cris me aceitou para entrar no blog. Blog este que vai muito mais além do que um site relacionado a esporte. Todos nós que trabalhamos cotidianamente com a Cris sabemos que a mesma o considera como um filho, que ela própria deu à luz e o viu crescer, e que em 2024 completa seus 20 anos de vida, contribuindo para um jornalismo sério e ajudando diariamente milhares de pessoas.

Um trabalho árduo, de uma mídia independente, que, é claro, contou com muita ajuda e apoio para estar de pé, de gente que acreditou e se dedicou a este projeto, que hoje em dia só confirma mais seu trabalho. Se tiver algum evento esportivo no Rio de Janeiro, pode apostar que a probabilidade do Fim de Jogo estar lá é de 99%.

É de uma grande felicidade fazer parte dessa história. Parabenizo a Cris pela determinação e resiliência durante esses 20 anos de estrada. Quero também dar os parabéns para o Celso e a Patrícia, que são fundamentais para o FDJ e que contribuíram para o meu crescimento dentro do projeto. Ademais, um agradecimento a todos que, de alguma forma, contribuíram para o Fim de Jogo ser o que ele é hoje.

Paulo Karam – 2 anos no Projeto

Quando iniciei meu estágio no Fim de Jogo, há dois anos, mal poderia imaginar a incrível jornada que estava prestes a começar. Hoje, ao relembrar dessa experiência enriquecedora, sinto uma profunda gratidão por cada momento vivido, por cada desafio superado e por todas as portas que se abriram durante esse período.

A oportunidade de estagiar neste blog foi mais do que uma simples exigência acadêmica e sim uma verdadeira imersão no universo apaixonante do esporte. Desde o primeiro dia, fui recebido com entusiasmo pela Cris e sua equipe, que compartilhou comigo não apenas conhecimentos técnicos, mas também uma paixão contagiante pelo que fazíamos.

Ao longo desses dois anos, pude participar de coberturas esportivas incríveis, testemunhar momentos históricos e aprender a lidar com a pressão e a rapidez do jornalismo esportivo. Cada partida, entrevista e análise contribuíram para o meu crescimento profissional e pessoal, moldando-me de maneiras que eu jamais poderia prever.

Agradeço profundamente a Cris Dissat, Patrícia Bernardo e Celso Pupo, pessoas maravilhosas que tive a sorte de conhecer ao longo desse caminho. Compartilhar o dia a dia com colegas tão dedicados e apaixonados pelo que fazem foi inspirador. Cada conversa nos corredores, cada brainstorming e até mesmo os momentos de pressão nos fortaleceram como equipe.

Este estágio não foi apenas uma experiência acadêmica, foi uma jornada de autodescobrimento e amadurecimento. Saio daqui não apenas com um diploma, mas com bagagem, experiências inesquecíveis e conexões que levo para a vida toda.

Agora esse blog completa 20 anos e a única coisa que eu posso dizer é obrigado. Obrigado, por abrir suas portas para mim e me permitir fazer parte de um pedaço de sua história. Obrigado por cada desafio, cada conquista, cada risada compartilhada. Este período foi fundamental para meu crescimento, e estou ansioso para aplicar tudo que aprendi no próximo capítulo da minha jornada profissional.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *