Mais um Brasil x Argentina Complicado

Facebooktwitterpinterest

Mais uma derrota na conta. Situação muito complicada do Brasil que está correndo risco de participar da Copa do Mundo. Um time sem inspiração e a cada minuto que ia passando no segundo tempo a sensação era que a Argentina poderia fazer outro gol a qualquer momento e o Brasil sem nenhuma perspectiva de empatar e, muito menos, virar o placar. Os dois momentos foram o gol de Otamendi pela Argentina e a expulsão de Joelinton, logo depois de ter entrado em campo.

Clima diferente, comportamento da torcida diferente, mas foi diferente demais.

Confusão nas arquibancadas do Maracanã

Que Brasil e Argentina é um jogo sempre cheio de histórias todo mundo sabe, mas quando você tem um enredo previsível… a coisa só piora.

Como dava pra imaginar? No início da cobertura, algumas dúvidas surgiram de torcedores sobre onde seria a concentração dos argentinos para a partida. Uma confusão de informação começou porque algumas pessoas, com quem ia conversando do lado de fora diziam que seria no setor Norte, depois outros falaram que era no sul, mas só olhando no entorno do Maracanã  deu para ver que era todo mundo junto e misturado.

Começamos a acompanhar visualmente alguns grupos e o deslocamento era mais para o setor Sul, onde, depois, confirmamos que eles estariam em bom número no setor inferior, entre os trechos 15 e 18 (colunas) das arquibancadas.

Mas, perai, no meio de todo mundo? Sim, uma espécie de ilha de argentinos, sem separação, no meio dos brasileiros. Quando olhamos para aquela opção de distribuição do público não dava para pensar em outra coisa: vai dar m….

Antes dos Hinos Nacionais teve canto pra lá, canto pra cá, inclusive puxado pelo pessoal do Movimento Verde e Amarelo. Só que ainda durante o Hino Nacional Brasileiro a pancadaria começou. Rapidamente se perdeu o controle e a confusão foi generalizada. Os seguranças correram mas a PM ainda demorou alguns poucos minutos pra chegar. O que vimos da Tribuna de Imprensa foram pedaços de cadeiras voando de um lado pro outro.

 

Quando a PM chegou e começou a abrir clarões, mas os argentinos continuaram enfrentando e confusão só aumentou. Foi quando os jogadores da Argentina saíram do centro do gramado e foram todos em direção da arquibancada. (fotos Celso Pupo/DC Press)

De longe só víamos gente correndo, o pau comendo, cadeiras voando e depois começaram a sair torcedores de maca, levados pelos socorristas. Na sequência, a Seleção Argentina se junta e deixa o gramado. Enquanto isso, a Seleção Brasileira continuava aquecendo no centro do gramado.

 

Foram situações que se juntarmos parecem surreais. Alguns minutos se passaram, mais seguranças e PMs chegando e ainda demorou até que tudo ficasse controlado. Um cerco de seguranças e PMs isolou os argentinos no setor.

O Jogo

Depois de tanta coisa e uma batalha insana de tentar mandar os vídeos da confusão para o Twitter e Instagram os primeiros minutos de jogo “sumiram” pra nós. A internet simplesmente não funcionava. Para conseguir explicar o que acontecia, o jeito foi no texto e depois correr lá na rampa monumental para tentar um sinal melhor de conexão.

A partida seguiu com uma Seleção Brasileira que parecia mais estar em um jogo de pelada.

Disputa carioca

Enquanto o jogo rolava nem um pouco animador, começavam algumas disputadas nas arquibancadas, com gritos dos times cariocas. Em momentos era um FlaFlu e depois a vez de Vasco x Flamengo. Teve de tudo nessa partida, até no final gritos de “Time sem Vergonha”, coisa que são raras para a Seleção.

Público e renda

Já virou rotina que em jogos assim não divulgam público pagante, só presente e renda. Mais uma vez a gente se impressiona com os valores.

 

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *