Laranjeiras, Fluminense e João de Deus

Facebooktwitterpinterest

O evento que aconteceu nesta sexta-feira nas Laranjeiras teve vários significados, apesar de ser simples. Mas no meio da pandemia, que ainda vivemos, o simples tem sido raro e passou a ser especial.

Uma missa realizada pelo Padre Omar, reitor do Santuário Cristo Redentor, levou uma benção de um protetor dos tricolores – João de Deus, o Papa João Paulo II.

Além disso, a cerimônia fez parte das atividades em comemoração aos 90 anos do Cristo Redentor. Foi em 12 de outubro de 1931 que uma Missa Campal no Estádio das
Laranjeiras dava início às festividades da inauguração. Da sede, há uma vista privilegiada para o monumento.

No Salão Nobre, algumas pessoas reunidas e um clima de calma que fez bem.

As histórias foram surgindo, como a relação do Papa João Paulo II com o Fluminense, que começou em 1980, quando conheceu o Brasil pela primeira vez e inspirou a canção que serve de trilha sonora para os torcedores naqueles momentos difíceis.

Foi uma sensação de que estamos vendo a vida voltar ao normal, já que a missa de hoje foi a primeira atividade oficial no Salão Nobre desde o início da pandemia. Que boas energias venham junto com esse momento.

 

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.