Fluminense vence o Santos por 3 a 1 no Maracanã

Facebooktwitterpinterest

Um fim de tarde bonito no Maracanã, temperatura amena e só uma parte do jogo entre Fluminense x Santos também. Bom, quer dizer, uma parte, porque o árbitro Daronco resolveu conversar conversar conversar e não foi uma boa tática, deixando um clima meio quente no segundo tempo. (foto de jogo Lucas Merçon, Fluminense)

Mesmo sem ser tão empolgante tanto no início do primeiro quanto no segundo o Fluminense aproveitou melhor as chances e saiu na frente do placar. Isso deu segurança ao time, que entrou no G4, com 29 pontos.

Primeiro gol de Luccas Claro pelo Fluminense, empate do Santos, com Marinho e depois mais um do tricolor com Nino. Depois de um gol anulado do Santos,  Fluminense marcou mais um, nos acréscimos da partida, com Marcos Paulo. E se Fred não tivesse perdido um gol incrível, teríamos um placar ainda mais tranquilo.

 

No intervalo do jogo, o Maracanã fez uma homenagem ao aniversário de Pelé, mostrando no telão o gol onde o Rei marcou seu milésimo gol. Lembro, na época, que estava assistindo à partida na televisão e quando ele marcou foi uma invasão generalizada no gramado e Pelé sumiu dentro do gol. Até ficamos aflitos porque, por uns bons minutos, o Rei sumiu no meio dos seus súditos.

Na camisa do Santos, na partida deste domingo no Maracanã, à homenagem ao Rei Pelé.

Os Desafios das Novas Coberturas

Já passamos por alguns desafios ao longo dos mais de 15 anos do Blog Fim de Jogo. Obras, estádio fechado, mas nada como agora. Imaginem pra nós, que temos como foco o torcedor, passar tanto tempo sem público. Mas é preciso, é necessário, é sobrevivência. Por isso, temos que encontrar caminhos diferentes também.

Nesse jogo, mudamos nosso local de cobertura e voltamos à Tribuna de Imprensa, que é um posicionamento mais alto do que os últimos jogos. E foi bom porque além de ver outros pontos de vista, acompanhar o jogo do alto e até ver um ângulo diferente das bandeiras nas arquibancadas.

Também foi bom pra ajudarmos aos colegas, porque tivemos um apagão (curto em uma das tomadas) em um dos setores da bancada e a ausência do wifi para os jornalistas trabalharem. A equipe de gestão do Maracanã atendeu rapidamente ao nosso pedido e tudo voltou a funcionar normalmente, inclusive à conexão.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *