Fluminense 2 x 1 Santa Fé de virada

Facebooktwitterpinterest

Já respirou? Se acalmou? Xingou? Então pronto, pode relaxar um pouco que o jogo acabou com vitória no sufoco do Fluminense em cima do Santa Fé. Logo no primeiro tempo os tricolores viram que a partida da Libertadores que poderia ser calma, não seria. Mas existe isso na Libertadores? Não.

A sensação é que o tricolor pensava estava no Brasileirão, mas na verdade é torneio cascudo e diferente. Realmente mundo diferentes  e os times precisam de outra postura. Ainda no primeiro tempo, imaginem o torcedor do Fluminense vendo o time tentar esfria o jogo na pequena área? É matar o povo do coração. Mas nada de gol na etapa inicial.

Reclamação e pedidos de falta também são diferentes e não existe “desistir” na Libertadores. O Santa Fé voltou ainda mais em cima e abriu o placar, com gol de Niño. O Fluminense foi se recuperando e Fred, mais uma vez ele, marcou o gol de empate. Isso mudou o clima entre os jogadores, porque nestas partidas todo mundo batalha até o fim. O Fluminense entendeu isso e conseguiu virar o placar com Caio Paulista. Fim de jogo – 2 a 1 para alívio dos tricolores.

Movimento e Silêncio

Diferente de jogos que temos acompanhado do Carioca, vimos pouca gente tanto nas Tribunas de Imprensa (nas duas) quanto dentro do gramado, antes de iniciar a partida. Isso também ficou claro com o silêncio ainda maior dentro do estádio. Afinal, pelo protocolo só podem estar presente 25 profissionais de imprensa. Felizes por ter tido nosso credenciamento aprovado.

Mosaico montado no setor Leste e bandeiras tanto no setor sul quanto no Norte, além de bandeiras arrumadas no leste Superior, o que não acontece sempre.

Como sempre tentamos dar uma mãozinha aos torcedores, registramos a bandeira da Bravo 52 embaixo do mosaico com a Taça Libertadores. E foi sorte, porque com a mudança do tempo, a bandeira acabou subindo e vou para trás da mureta. Mas registramos pra eles e onde também estava a da Flunitor.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *