Fluminense 1 x 2 Botafogo, que jogo louco

Facebooktwitterpinterest

Melhor explicar um pouco sobre o que aconteceu porque daqui a algum tempo vai ser difícil entender tantos sentimentos misturados, que envolvem placar, confusão no final do jogo, xingamento para quem passou para a final e aplauso para quem se despede do Carioca 2022.

Assim foi a partida entre Fluminense 1 x 2 Botafogo, no Maracanã, neste domingo de calorão, mas início de outono. Até o tempo estava confuso. (fotos de jogo, Celso Pupo)

Vaias ou aplausos

O mais complexo, mas nem tanto, foram as vaias da Torcida do Fluminense no final do jogo e com a classificação garantida. Mas não é tão difícil e basta entender que o tricolor jogou muito mal, perdeu por 2 a 1, veio de uma vitória média no jogo de ida e com uma eliminação da pré-Libertadores dentro desse contexto. Pronto, entenderam a bipolaridade?

 

Já o Botafogo, conseguiu a vitória, está em uma fase dividida entre esperar as coisas boas e a realidade da limitação do elenco. Foram dois gols de Erison no final da partida, que empolgaram. Mas com o gol do Fluminense nos acréscimos, a vantagem do acumulado deu a classificação para o tricolor. Foi dele de novo, Germán Cano.

Nas arquibancadas, os botafoguenses aplaudiram o time no fim do jogo, quando foram até o setor Norte agradecer o apoio. Já depois de muita cantoria de comemoração dos tricolores, a opção foi vaiar muito o time, além dos gritos de time sem vergonha.

Uma coisa de cada vez, por favor.

Muitos sentimentos misturados, junto com a confusão no final da partida, entrada do Fred, expulsão, interrupção da cobrança de uma última falta, informes sobre público e renda. Tudo isso em cerca de 5 minutos.

Quem já estava com a matéria engatilhada, teve que rever a rota e mudar a abertura do texto.

Primeiro Tempo

O jogo de ida foi muito ruim, mas muito mesmo. Dessa vez, pelo menos, a primeira etapa foi mais movimentada. Muitos erros de passe, jogadas que precisam de muito mais ensaio e alguns momentos ao estilo “pelada no  Aterro”. Só que no finalzinho, o Botafogo conseguiu deixar o placar de ida e volta iguais. Erison marcou e quase acaba com a bandeirinha de escanteio, mas apuramos e ela se recuperou e passa bem J  (fotos Celso Pupo)

As fotos que publicamos no Twitter se espalharam de um jeito inesperado. Isso foi em função de muitas cobranças para alguns jogadores. A forma de comemorar de Erison é comum, mas era melhor ter desviado da bandeirinha.

Público e renda

Como vem acontecendo frequentemente, e não é falta de pergunta dos repórteres tá, não foi divulgada a parcial de venda de ingressos. A dedução óbvia é que foi pequena, para uma semifinal importante do Carioca.

Setor Leste Superior ficou fechado e o sul com a Torcida do Fluminense com mais gente do que o Norte com a do Botafogo. Total de 28.539 presentes, 26.043 pagantes e renda de R$ 934.257,50.

Atenção sempre redobrada

Infelizmente não tem opção para o torcedor porque ele acredita em algum tipo de padrão em jogos e estádios, mas como não é possível, o ideal é sempre conferir antes e, na dúvida, levem todos os documentos impressos e no celular.

Hoje, a dúvida voltou a acontecer com vários torcedores, mas também vimos muita gente com os documentos impressos para a troca.

Uma das coisas que foi bem ágil foi a redefinição das bilheterias. Antes só havia a número 4 para o Botafogo, mas a fila começou a complicar e a 4 foi colocada para atender aos torcedores. O trabalho foi bem rápido e estava do lado da bilheteria quando foi feita a troca.

Ruas, Acessos e Estacionamento

O planejamento foi de fechamento da Rua Eurico Rabelo a partir das 14h, em função de ser o acesso principal da Torcida do Fluminense. O movimento neste horário ainda não era grande. Aumento bastante por volta das 15h, uma hora para o início da partida.

Quem conseguiu comprar o voucher de estacionamento dentro do Maracanã (aplicativo Fast Parking) é só mostrar na entrada da Rua e seguir até o portão 9.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.