Flamengo x Vasco: Confusão na Saída do Maracanã

Facebooktwitterpinterest

Antes da bola rolar entre Flamengo x Vasco neste domingo, à tarde, no Maracanã, andamos pelo entorno do estádio e não vimos nenhuma confusão. A partida, inclusive, aconteceu com setores mistos, assim como foi no primeiro turno.

Vimos algumas informações no Twitter sobre confronto entre as torcidas organizadas no trem, em Cosmos. Mas no Maracanã não houve nenhum tipo de problema antes do jogo.

No entanto, o retorno do torcedor para a casa, infelizmente, não foi tão tranquilo. Quem precisou pegar metrô ou trem sofreu. Não só eles, nós também. Ficamos presos no Maracanã sem poder sair e sem saber ao certo qual era a situação do lado de fora.

Pelo que vimos, os pontos de confusão foram na saída do acesso A, na rampa do metrô, e próximo ao Hospital Badim, já na São Francisco Xavier.

Acesso A

Os torcedores que deixavam o estádio pelo acesso A tiveram que retornar para dentro do Maracanã pelo menos umas duas vezes.

A “primeira” confusão, porque não sabemos se já tinha tido algum tumulto antes, vimos os torcedores que estavam subindo a rampa em direção ao metrô e os trens da Supervia descerem correndo e entrarem de volta no estádio. Enquanto os barulhos de bombas seguiam do lado de fora.

Muitas famílias com crianças, tanto rubro-negras quanto vascaínas, já que esse é um acesso para setor misto.

Os torcedores ficaram esperando a situação acalmar do lado de dentro. Mas, havia um cordão de isolamento, mesmo dentro do estádio, para que as pessoas não saíssem daquela área. Mas era uma área muito perto do portão de saída. O medo das pessoas era que os “torcedores” que estavam envolvidos na confusão tentassem invadir o Maracanã.

Com mais ou menos meia hora, os seguranças começaram a orientar os torcedores a sair. Diziam que a situação já estava tranquila e que estariam ali para fazer a escolta. Só que quando os torcedores começaram a deixar novamente o estádio, mais confusão. Dessa vez vindo da Eurico Rabelo, passando pela bilheteria 3 e indo em direção à rampa. Mais correria, criança chorando e muita gente sem saber o que fazer.

São Francisco Xavier

O Paulo, estagiário do Fim de Jogo que também trabalhou na cobertura, deixou o estádio pelo portão 10, na Eurico Rabelo, que é a entrada da imprensa. Ele saiu de forma mais tranquila, mas no meio do caminho acabou pegando a confusão também na São Francisco Xavier, próximo ao Hospital Badim.

Segundo ele, parece que teve uma briga entre as organizadas de Flamengo e Vasco em frente ao portão, que é ao lado do setor Sul, que estava a torcida vascaína. A tropa de choque chegou e dispersou as torcidas com gás de pimenta. Muitas pessoas chorando e com irritação nos olhos por conta do gás.

Acho que a situação só melhorou depois de umas 19h30. Não sabemos ao certo se foi confronto das organizadas com a polícia ou entre elas.

Os comentários no Maracanã era que a torcida vascaína, que só deveria deixar o estádio depois da saída da torcida do Flamengo, acabou sendo liberada antes. Mas temos dúvida sobre isso e essa informação não é oficial.

Muito triste um jogo que foi bom, bem disputado e com uma festa tão bonita das duas torcidas ter um desfecho desse, com os torcedores acuados e amedrontados.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Patricia Bernardo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *