Flamengo Perde a Primeira da Final da Copa do Brasil

Facebooktwitterpinterest

Um domingo de decisão daqueles que o Maracanã está acostumado a receber. Os primeiros 90 minutos da final da Copa do Brasil entre Flamengo x São Paulo recebeu um público mais de 67 mil torcedores, mas que sua grande maioria não deixou o estádio tão satisfeita. O rubro-negro não foi bem e perdeu por 1 a 0. (Fotos: Celso Pupo)

Público e Renda Recorde

Mesmo com ingressos caros e muita dificuldade para comprar, o torcedor foi ao Maracanã. Foram 67.350 presentes, sendo 60;390 pagantes. A renda foi recorde. Nunca vimos uma renda de R$ 26.343.300,00.

Não Parecia uma Final para o Flamengo

Os primeiros 45 minutos do Flamengo, ou melhor, os 90 minutos, assustaram a torcida. Apesar de vontade, o time não conseguiu se encontrar. O trio Bruno Henrique, Gabigol e Pedro, principalmente. Foram poucas as chances e finalizações.

O torcedor, como sempre, fez a parte dele e tentou empurrar o time para o ataque, mas…

O jogo, na verdade, foi bem truncado, mas o São Paulo quando chegava, chegava com mais perigo. Em uma dessas chances, já no final do primeiro tempo, não desperdiçou e Calleri abriu o placar.

O torcedor rubro-negro que já estava chateado, não perdoou no apito final. O time saiu ao som de algumas vaias. Sampaoli parece que deixou o gramado antes mesmo do término do primeiro tempo.

O time voltou para o segundo ao som de vaias. Depois o torcedor tratou de tentar empurrar a equipe para o empate. Só que o Flamengo não mostrou criatividade e repertório para tentar reverter o resultado. Teve algumas chances, mas a sensação que o torcedor tinha era de que o time havia desaprendido como faz o simples do futebol. Nem mesmo as substituições surtiram efeito.

Nas poucas chances que o Flamengo teve, os jogadores se enrolavam nas jogadas. O torcedor, claro, foi perdendo a paciência. No final, não teve jeito: Mais vaias na saída do time.

Diretoria: Principal Alvo do Torcedor

Há muito tempo que a torcida do Flamengo vem mostrando insatisfação com a diretoria rubro-negra. Nesse jogo não foi diferente. Teve faixa e muitos protestos na cativa para a Marcos Braz, que estava nas cabines. Depois do gol do São Paulo, inclusive, os torcedores não perdoaram o dirigente, que ouviu muito da galera.

No segundo tempo, os dirigentes também tiveram que ouviu os protestos. Na hora da divulgação da renda do jogo, o presidente Rodolfo Landim e Marcos Braz foram bastante hostilizados pela torcida.

Logo após o gol torcedores do Flamengo foram até a cabine onde está Marcos Braz e aplaudiram @fimdejogo #FLAxSAO pic.twitter.com/xfjS8EjRwx

— Fim de Jogo/Veiga de Almeida (@fimdejogoaguva) September 17, 2023

Antes da Bola Rolar

Final e jogos com apelo muito grande, as coberturas são sempre muito complexas e precisamos estar com tudo alinhado. Precisamos chegar cedo já que o fluxo de repórteres para a cobertura também é grande.

Por isso, chegamos no Maracanã com antecedência e começamos a nossa olhada no entorno bem cedo, de pontos diferentes. Na rua e no anel superior do Maracanã.

O torcedor chegou cedo também, principalmente pela festa que estava preparada, e de forma bem tranquila. As bilheterias do estádio não abriram neste domingo.

Participaram da cobertura os repórteres Cris Dissat e Patrícia Bernardo, Celso Pupo (fotógrafo) e o estagiário Paulo Karan (do Projeto educacional do FimdeJogo/DCPress com a Universidade Veiga de Almeida.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Patricia Bernardo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *