Flamengo Estreia com Vitória na Taça Libertadores da América

Facebooktwitterpinterest

Vai ter jogo? Não vai ter? Depois de muito vai, não vai, teve sim. A indecisão, até poucas horas antes da partida, com certeza aumentou a ansiedade dos torcedores rubro-negros para a estreia na Libertadores, contra o Sporting Cristal.

A indefinição se teria ou não o jogo ocorreu por causa do estado de emergência e toque de recolher imposto pelo presidente do Peru, Pedro Castillo. O cenário foi devido às manifestações e protestos pelo aumento dos combustíveis e alimentos no país (reflexo do interminável conflito entre Rússia x Ucrânia). A confirmação só veio quase às 20h, mas com a decisão de portões fechados e 30 min de atraso. O jogo estava marcado para às 21h30. (Crédito das Fotos: Flickr do Flamengo – Marcelo Cortes)

Pouca Inspiração Rubro-Negra 

Com a bola rolando, o Flamengo fez uma primeira etapa discreta. Mesmo sem empolgar e ainda bem distante do que a torcida quer, o time conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo. Marcou com Bruno Henrique, aos 21 minutos, após saída de bola errada da defesa peruana. A bola sobrou para Matheuzinho, que deu a assistência.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com pobre atuação coletiva e sem destaques individuais. O time encontrou muita dificuldade na criação, mas conseguiu ampliar já perto do fim, em chute cruzado de Matheuzinho, aos 41 minutos, após passe preciso de Lázaro.

Uma vitória importante em termos de Libertadores, mas que ainda assim mostra que o time ainda precisa evoluir muito se quiser chegar mais longe na competição.

De Volta a Pandemia?

Curioso também foi assistir a uma partida de futebol com ausência de público. Após quase dois anos consecutivos com jogos sem o calor da torcida, foi estranho não escutar o barulho da arquibancada. A partida trouxe lembranças não tão boas, do início da pandemia em 2020, quando enfrentamos tempos difíceis no mundo e no esporte.

Por Bruno Sadock – repórter do Fim de Jogo, integrante do projeto da DC Press / Fimdejogo e da Universidade Veiga de Almeida. Supervisão Cris Dissat e Daniela Oliveira. Revisão de texto Patrícia Bernardo.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Equipe Fimdejogo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.