Flamengo 2 x 0 Cuiabá no Maracanã

Facebooktwitterpinterest

Tranquilo tranquilo mesmo só depois do segundo gol. Depois de tantos quases em jogos anteriores e também hoje, a Torcida do Flamengo não via a hora de afastar a urucubaca e ver o time vencer de novo.

O Flamengo começou com intensidade alta e fazendo boas jogadas, mas quando Bruno Henrique se machucou parece que deu uma bagunçada geral no time. E a torcida sentiu isso e mesmo vencendo de 1 a 0 não dava para relaxar. Foram muitos ahhhhh, duas bolas na trave e parecia que, mesmo depois do gol de Ayrton, seria sofrimento (de novo) até o apito final.

A entrada de Vitinho não agradou e ele parecia fora de sintonia com o restante do time. Nem cinco minutos depois da entrada, perdeu um gol e levou amarelo. Depois de mais erros, começaram as vaias. No segundo tempo, a torcida pisou no acelerador empurrando o time para o ataque.

O destino queria que a torcida aproveitasse o feriado com um pouco de paz, o que anda faltando ultimamente, ai Gabi marcou o segundo aos 33’ para alívio da galera. Final de jogo com vitória por 2 x 0 e um bom salto tranquilizador na tabela. (fotos de jogo, Celso Pupo/DC Press)

Arquibancadas

Mesmo com parte da torcida não chegando tarde, o volume de torcedores nas arquibancadas entre 20h10, depois 20h25 e já com a bola rolando mudou bastante. Fila ou volume mesmo aumentando, por cauda do horário? Mais um item para acrescentar na lista de definição dos jogos.

Foram 43.930 presentes, 40.916 pagantes e renda de R$ 1.431.946,00.

Inusitado? Planejado? Ou Previsível

Não temos visto isso com frequência, ou melhor, raramente, mas no intervalo da partida, quem apareceu na área externa da Tribuna de Imprensa e chegou até onde ficam as cativas, foi Marcos Braz. Depois de ouvir muitos gritos e reclamações pelas redes sociais, ele chegou para tirar selfies com torcedores. Eleições? Difícil de afirmar, mas que não é comum, não é.

 

Entorno do Maracanã

Como deve ter sido o preenchimento da planilha para fazer o planejamento da partida? Segundo a informação oficial a expectativa de público girou em 50 mil, mas depois dos últimos acontecimentos era difícil ter certeza.

Em informações extra oficiais, se falava em 30 mil vendidos e quando saímos pra rua para ver o movimento por volta das seis e meia era maior do que esperava. Alguns pontos podem ter contribuído pra isso, como o tempo mais firma, apesar de bem frio para os padrões cariocas, e véspera de feriado. O horário não é considerado o ideal para que nesse horário o movimento estivesse bom (20h30).

Bilheterias

Entrei no Maracanã 7h45 e até esse horário as bilheterias abertas eram a 1 e 2, 3 e 4 fechadas. Na hora que passei na frente das duas, havia fila mas bem pequena e equilibrada em quantidade nas duas, só que o volume de gente que foi chegando era grande.

Ao passar pelo Acesso A ou Oeste ou da Uerj ou da rampa do metrô (melhor que GPS isso hein) muita gente descendo a rampa para entrar no estádio. Depois das 19h30 não pude ver como estavam as bilheterias.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.