Empate no Clássico Feminino Carioca entre Botafogo x Fluminense

Facebooktwitterpinterest

Logo na terceira rodada do Brasileirão Feminino A2 tivemos o clássico Botafogo x Fluminense no Nilton Santos.

Já nos primeiros minutos a pressão alta do time tricolor foi colocada a prova, com chegadas perigosas, obrigando as donas da casa a ficarem em seu campo defensivo. Nessa pressão, saiu o primeiro gol da partida. Em falha defensiva, Sol Oliveira estava no lugar certo para abrir o placar para as guerreiras do Fluzão aos 22 do primeiro tempo. O Botafogo ainda tentou chegar, principalmente pelos lados do campo, mas a goleira Amanda estava atenta em todas as ocasiões.

Até o final dos primeiros 45 minutos, o Fluminense teve mais oportunidades de ampliar o placar. Tudo mudou no início do segundo tempo. As Gloriosas entraram buscando o empate, com chances reais de finalização, até que aos 18 minutos, o Botafogo recebeu uma falta perigosa, próxima a grande área. Na bela cobrança, Mayara Vaz marcou um golaço, sem chance para a goleira dessa vez.

Com chances da virada, a tomada de decisão no terço final do campo acabou sendo um fator prejudicial para o alvinegro, que não conseguiu realizar o feito.

Confusão na Reta Final

Nos momentos finais da partida, poucas coisas aconteceram, com ambos os times lutando pela posse de bola e tentando ampliar o placar. O que mais chamou atenção foram as cenas lamentáveis que ocorreram na parte de fora do campo.

O técnico Hoffmann Túlio foi expulso após perder a cabeça quando a árbitra deixou o jogo seguir e não marcou uma falta para o tricolor, enquanto sua jogadora estava caída no gramado. Ele já vinha reclamando da arbitragem desde o início, mas essa em questão foi o ápice para toda a confusão generalizada começar e ainda continuar na descida do túnel.

De acordo com as informações dos clubes, houve uma provocação entre o técnico do tricolor e um membro da comissão alvinegra, envolvendo não só insultos direcionados aos funcionários e jogadoras, mas também agressões físicas, após Hoffmann avançar para o banco de reservas do Botafogo. Tamanha foi a confusão entre as comissões que precisou ser contida por suas próprias jogadoras.

A partida ficou parada durante três minutos e logo depois foi encerrada. Ao que tudo indica, mas não foi confirmado, Hoffmann não foi o único a levar cartão vermelho.

Ao final, cada time desceu por uma saída diferente, a fim de evitar a torcida adversária, que também teve seus momentos de discussão, xingamento e até objetos jogados dentro do campo.

Com esse empate, o Botafogo fica na quarta colocação com 4 pontos, enquanto o Fluminense chega a 5 pontos, na segunda colocação do campeonato.

Próximos confrontos

Quarta rodada

  • Fluminense x Minas Brasília – 07 de maio – Laranjeiras – 10h
  • Cresspom x Botafogo – 06 de maio – Abadião – 15h

 

Por Yasmin Queiroz – repórter do Fim de Jogo, integrante do projeto da DC Press / Fimdejogo e da Universidade Veiga de Almeida. Supervisão Cris Dissat e Daniela Oliveira.

Fotos: Marina Garcia/Fluminense – Arthur Barreto/Botafogo

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Equipe Fimdejogo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *