Decisivo: Fluminense 2 x 1 Junior Barranquilla

Facebooktwitterpinterest

Parece que as mudanças no Fluminense deram uma sacudida em campo e nas arquibancadas, e logo aos 6’, Paulo Henrique Ganso abriu o placar. O time parecia muito mais disposto no primeiro tempo e isso se refletiu rápido nas arquibancadas. Era jogo decisivo e não dava para ficar esperando.  A comemoração de Ganso com o time e o técnico Diniz foi grande (fotos de jogo, Celso Pupo).

O primeiro tempo foi passando e o Junior Barranquilla começou a empurrar o time tricolor para trás e também a fazer uma marcação na saída de bola. No segundo tempo, logo no início, parece que perceberam o problema da saída de bola e continuaram pressionando, obrigando a defesas do goleiro Fábio. Mas não deu para resolver todas e o Junior Barranquilla empatou o jogo aos 9′, com Borja. Pelo que a partida se desenhava, era totalmente previsível.

Mas os tricolores respiraram quando Luiz Henrique arrancou e marcou o segundo. O time deu uma melhorada, principalmente nos contra ataques e a partida terminou no placar de 2 a 1 e pelo que deu para observar com os tricolores menos irritados. Cantaram no final e Fred agradeceu o apoio no fim da partida. Mas é visível que ainda precisa melhorar muito para que os tricolores saiam do Maracanã com o coração um pouco menos aflito.

Público e renda

Um fato tem incomodado bastante aos torcedores que é a falta de informação sobre parcial de ingressos vendidos. Tem sido frequente a opção do Fluminense em não divulgar, mas isso acaba provocando uma busca dos jornalistas pela informação. Mas é algo simples de deduzir e poderiam pensar em estratégia de marketing a favor, quem sabe estimulando a bater metas, etc. Quando não é divulgado, é sinal que a venda está baixa e não falar não ajuda muito.

Extra oficialmente o que tínhamos era de cerca de 10 mil ingressos vendidos. Como é feito, normalmente, foi divulgado no fim do jogo o público e renda da partida: 10.946 presentes, 9.905 pagantes e renda de R$ 274.492,50.

Chove chuva

Havia previsão de mudança de tempo para esta quarta-feira e que começou na parte da tarde, com nuvens chegando de várias regiões. Só que esqueci que havia também uma possibilidade de chuva forte à noite. Sai sem guarda-chuva, mas quando olhei a Rua Eurico Rabelo, na frente do Bar dos Esportes, o movimento era pequeno.

Achei melhor entrar direto e dar uma olhada por outro ângulo. Foi a sorte. Porque entrei no elevador, no acesso da Tribuna de Imprensa e quando sai… a água caiu com vontade.

Algumas ruas do entorno, como a Isidro de Figueiredo, onde fica o Bar dos Esportes ficou com trechos alagados. Pessoal ficou por lá e assim que diminuiu, entraram no Maracanã.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.