CUFA e clubes de futebol juntos pela cidadania e contra a fome

Facebooktwitterpinterest

Depois de uma semana com o recebimento de doações, o Maracanã e São Januário foram os dois locais de entrega para os líderes comunitários. O presidente da CUFA, Wellington Galdino, explicou que foram toneladas de alimentos arrecadados, durante uma semana, e outros estádios participaram da ação: Morumbi, Arena Neoquímica – Corinthians, Fortaleza e outros estádios.

No Maracanã

No Maracanã, a movimentação começou às 9h da manhã. Acompanhamos a chegada dos caminhões, vans e carros, que se posicionaram na frente do portão E, setor Norte, para o recebimento. Foram montadas baias, como se fosse um drive-thru, para que as doações fossem entregues. Inicialmente a previsão era para a entrega acontecer na Gávea, mas o volume de doações e a movimentação provocaram a alteração para o Maracanã, com a logística organizada pelo Flamengo.

 

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, estava no estádio e conversou conosco sobre a importância da participação dos clubes em ações sociais.

 

A Central Única das Favelas (CUFA) também trabalhou em conjunto com a com a Comunidade Door, a Frente Nacional Antirracista (FNA).

Em São Januário

Em São Januário a arrecadação também foi feita entre 9 e 13 na manhã deste sábado.

Arrecadação continua

Durante uma semana, o projeto já arrecadou 431.600 cestas básicas, o equivalente a 5 mil toneladas de alimentos, mobilizando R$ 52 milhões. A meta é chegar a R$ 100 milhões em alimentos arrecadados.

Quem quiser ajudar pode fazer direto no site www.maesdafavelafutebolclube.com.br/

“Estamos muito satisfeitos com o engajamento das pessoas. É uma causa extremamente importante e de responsabilidade social, e tem sido muito bonito ver as torcidas, a sociedade civil e as empresas engajadas, sem rivalidade, em uma só causa: combater a fome.” afirma Kalyne Lima, vice-presidente da CUFA Nacional.

As doações foram realizadas por pessoas físicas e empresa nas sedes de Fluminense, Botafogo, Flamengo, Vasco, Olaria, Serrano e Volta Redonda, durante esta semana, e estão, agora, concentradas nos dois estádios da Zona Norte carioca, e serão recolhidas pelas lideranças de favelas do Rio, beneficiadas pelos programas da CUFA, e integrantes da FNA.

Além dos clubes, o projeto conta com doadores master, doadores prata e apoiadores. Assinam como parceiros master as empresas que apoiam a campanha nacionalmente, como as empresas Assaí Atacadista, Carrefour e Cab Motors. Já as patrocinadoras e apoiadoras realizam doações locais, dentro de seus próprios estados.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

1 thought on “CUFA e clubes de futebol juntos pela cidadania e contra a fome

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *