Brasileirão 2023: Flamengo 2 x 0 Goiás

Facebooktwitterpinterest

Sai urucubaca. O grito da torcida no final do jogo do Flamengo com o Goiás, com placar de 2 a 0, com gols de Pedro e golaço de Everton Ribeiro, foi de alívio geral. A Torcida apoiou muito, inclusive as cabeçadas erradas do Bruno Henrique. O pessoal viu que ele ainda não está no ritmo ideal, mas vem melhorando a cada partida. (fotos de jogo Celso Pupo/DC Press)

Se o placar contabilizasse os uhhhhhhhh das arquibancadas, o placar seria outro. Como falaram no Twitter, e que vimos aqui, foi um caminhão de gols perdidos. Só que isso hoje não influenciou, para alívio da torcida.

Um conselho, ou melhor, um aviso que damos é para o Matheus Cunha, que substituiu Santos, não obedeça ao Sampaoli e fique no seu lugar, afinal não temos tantos cardiologistas aqui no Maracanã para atender a tanta gente. Brincadeiras à parte, vale esse dia para a Torcida Rubro-Negra respirar um pouco e isso ficou claro no canto quando o jogo acabou.

 

Público e Renda

No Twitter essa história anda rendendo umas discussões que parecem de colégio viu. É uma semana inteira em um bate boca bem cansativo sobre público e renda, mas fazer o que… parece que se distraem com essa briga digital.

A reação foi um pouco diferente, e entre elas, a consciência que o time ainda não está bem, mas mesmo assim a Torcida entende que é o que tem pra hoje, então é hora de comparecer e fazer o que é possível.

Foram 44.948 presentes, 42.424 pagantes e renda de R$ 1.996.277,50.

 

Tempo e trânsito

Bem que o Centro de Operações avisou que a chuva vinha e a temperatura ia mudar. Com um pouco de atraso no horário, já que a previsão era a madrugada, a frente fria entrou e trouxe muita chuva para a noite de quarta-feira.

Sabe aquela hora que o pessoal escolhe pra chegar ao Maracanã? Pois é, foi a mesma que a chuva escolheu para apertar. Não foi temporal, mas a chuva chegou com vontade. A sorte é que não durou muito. À turma que tomou aquele banho só restou mesmo esperar a roupa secar.

Chegada dos Torcedores

Para nós, a alternativa, foi entrar e dar uma olhada pelo anel superior do Maracanã para checar a chegada dos torcedores. A escolha é porque guarda-chuva, celular, digitar e tudo isso debaixo de chuva não é das tarefas mais simples.

Observamos que o pessoal chegou ainda de forma mais escalonada do que nos jogos das nove e meia. Diferente de outros jogos, o pessoal não fica exatamente no entorno do Maracanã, eles vão chegando aos poucos mesmo.

Quase oito da noite e o pessoal continuou entrando aos poucos e deu para observar nas arquibancadas.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *