Botafogo 2 x 1 Bragantino no Nilton Santos

Facebooktwitterpinterest

E saiu a vitória! O alívio da torcida alvinegra foi grande porque era um resultado importante em todos os sentidos. Na descida, o pessoal não escondia que era um grande alívio, finalmente vencer em casa. O Botafogo foi constante os dois tempos, não desistindo das jogadas e pressionando a saída de bola. O que temos observado é um crescimento do alvinegro, que vai se tornando mais constante nos jogos. Os gols foram de Gabriel Pires e Tchê Tchê, pelo Botafogo, e Luan Cândido, pelo Bragantino. (fotos de jogo, Celso Pupo/DC Press)

 

Primeiro tempo

O jogo começou com uma falta com 30 segundos de bola rolando e qualquer coisa assim preocupa já que o Departamento Médico do Botafogo está trabalhando muito. O último comunicado do Botafogo, nesta quarta-feira, foi a grave lesão no músculo posterior da coxa esquerda de Eduardo, sem previsão de retorno. Já Lucas Fernandes e Saravia ainda em transição.

Ou seja, que ninguém se machuque, ok?

Intervalo delas

Hoje foram várias ações voltadas às mulheres, como campanha pelo Outubro Rosa, informes no telão sobre cuidados e o volta olímpica das meninas campeãs do Carioca Sub 20 – 2022.

 

 

Público no Nilton Santos

Já sabemos que chegar até o estádio Nilton Santos para uma partida que começa às 19h30 precisa de estratégia, quando é possível. Pra quem consegue, a melhor opção é 5 minutos antes das 5h, que é um horário de início da volta pra casa. Confesso que não conseguimos estes cinco minutinhos, mas saímos as 5 em ponto e até que funcionou.

O setor Norte mais uma vez não foi aberto e a concentração dos torcedores ficou no Acesso Leste, que é o preferido dos botafoguenses. Vai uma dica para quem ainda não usou a passagem e quer entrar no estádio com mais tranquilidade: entre pelo estacionamento e saia direto no acesso, por dentro.

O público foi médio e no total foram: 11.093 presentes, 9.984 pagantes e renda R$ 269.673,00.

Bom Senso

Existem algumas regras para os jogos que poderiam ter um pouco de bom senso e não se transformarem em default. Uma delas aconteceu hoje, quando o sistema de som fez aquele aviso sobre a saída da torcida visitante só após a saída da do mandante ou até 40 minutos do segundo tempo. Mas, sério que precisava? Que tal uma adaptação porque cada jogo é um jogo.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *