Botafogo 0 x 2 Internacional, os problemas do VAR e a invasão

Facebooktwitterpinterest

Não era assim que o pessoal esperava que fosse o resultado. O presságio era até bom, porque ao passar pela Rua Dr. Padilha – acesso do Setor Leste – a música de Beth Carvalho saía de dentro de uma das casas. Mas o placar foi bem diferente disso, com dois gols do Internacional – Thiago Galhardo (logo aos 6’) e depois com Boschilla.

Só que tivemos quatro gols, porque o Botafogo também marcou dois que o VAR anulou (Babi e Bruno Nazário). Essa decisão desanimou muito o time. Nos debates e no Twitter, torcedores e analistas concordaram com a anulação do primeiro, mas o segundo foi quase unanimidade o erro do VAR. O fato tirou o pessoal do sério.

Na saída de campo, Gatito vinha sozinho logo após o apito final quando deu um bico no equipamento do VAR. Não sei se ele imaginava que o estrago seria grande, mas o equipamento foi no chão. Uma barulheira na hora e monitores quebrados. Fotos dos fiscais da CBF foram feitas e agora é esperar para saber o que vai acontecer. (foto Celso Pupo)

Independente dos gols perdidos, o Botafogo não estava no mesmo ritmo dos últimos jogos. Logo no início, a pressão do Inter foi grande e difícil do alvinegro ultrapassar. Talvez o ritmo melhorasse se os gols fossem validados, mas quem vai poder ter certeza?

A Invasão

A temperatura subiu no Rio de Janeiro e quando isso acontece, geralmente, surgem o que chamamos de bichinhos de luz. Até ai tudo bem, mas ninguém esperava uma invasão no estádio Nilton Santos. Eram tantos que no clique a Lua parecia estar ao lado de muitas estrelas, só que não eram.

Todo mundo bem que tentou resolver se abanando, jogando a camisa na cabeça e trocando de lugar na arquibancada, só que não era simples quando são milhões deles. Pelo menos a máscara teve mais funções, servindo para evitar que nariz e boca fossem alvo.

Hora de recuperar da invasão, dos gols e do VAR e se preparar para a próxima rodada.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *