Botafogo 0 x 1 Fluminense na primeira semifinal

Facebooktwitterpinterest

Após uma semana diferente para as duas equipes, Botafogo x Fluminense se enfrentaram em jogo válido pela semifinal do Campeonato Carioca. Pelo lado do alvinegro, período de esperança em seguida de contratações de nomes como: Victor Sá , Lucas Piazon e a mais badalada, de Patrick de Paula por 33 milhões de reais. Enquanto do lado tricolor, foram dias turbulentos, pela eliminação da Libertadores e a venda de Luiz Henrique. (fotos de jogo, Celso Pupo)

Devagar demais

O jogo começou truncado, com poucas chances de cada lado. O Botafogo esteve melhor com Chay, criando oportunidades junto com Matheus Nascimento, mas nada de gol. A primeira finalização do Fluminense só aconteceu aos 31’.

Muitas faltas, muitas paradas e um jogo sem animação. Nas arquibancadas, quem mais se manifestava era a do Botafogo. O abatimento tricolor era visível no campo e na torcida.

Botafogo x Fluminense

Intervalo confuso

No intervalo de jogo foi um zum zum zum estranho. Os ânimos pareciam ter esquentado, uma zoeira anormal. Discussão entre torcedores no Leste e Sul, separados pela PM e por um vão enorme entre eles, tricolores xingando o presidente do clube enquanto os do Botafogo a arbitragem.

O segundo tempo continuou da mesma forma que o primeiro, o time do Botafogo começando melhor e criando as melhores oportunidades. Os melhores lances foram as duas ótimas defesas de Diogo Loureiro e Marcos Felipe.

Depois das mexidas do técnico Abel Braga o Fluminense cresceu na partida. Pelo jeito ele ouviu os pedidos dos torcedores no setor Oeste, que estavam atrás dele. Botafogo tentou, tentou e não conseguiu. Fluminense foi e marcou com John Arias.

 

Pública e renda

Algo realmente não ajudou a ter um público de semifinal. Foi o dia da semana? A decepção nos últimos jogos? Economia? Algo aconteceu para que tivéssemos de menos de 9 mil torcedores. Foram 8.422 presentes, 7.726 pagantes e renda de R$ 273.455,00. O que aconteceu?

Susto

No final da partida um choque de joelho na cabeça do jogador Pineida, preocupou. Era uma cena maluca, porque os torcedores gritando, a ambulância entrando em campo, reclamações nas arquibancadas. Algo meio caótico. O jogador foi colocado na ambulância e só depois é que os jogadores do Fluminense foram atrás de informações sobre o estado dele, porque o jogo ainda não tinha terminado. O Fluminense informou que ele chegou a ficar desacordado, mas reagiu aos estímulos. Foi levado ao hospital e passa bem.

O Fluminense, que já tinha a vantagem do empate, bota um pé na final com o resultado por 1×0, mas clássico é clássico e tudo pode acontecer. Fluminense e Botafogo se enfrentam novamente no domingo às 16h pelo segundo jogo da semifinal do campeonato Carioca.

Antes do jogo

O movimento na entrada foi pequeno, mesmo com só duas bilheterias para os  quatro setores.  Torcedores circularam sem confusão e briga.  Mas você pode dizer que foi pelo pouco público, mas já vimos outros momentos que o clima era complicado, só que hoje não. Um formato melhor do acesso do setor sul com separação para passagem de tricolores e botafoguenses que vinham de trem. Fila? Só no hall dos elevadores para entrar nos camarotes e Tribuna de imprensa.

 

 

Colaboração Thiago Chavantes – repórter do Fim de Jogo, integrante do projeto DC Press / Fim de Jogo e da Universidade Veiga de Almeida. Supervisão de Cris Dissat e Daniela Oliveira.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Equipe Fimdejogo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.