Maracanã Iluminado de Azul pelo Diabetes

Facebooktwitterpinterest

Nesta noite de sábado e de rodada do Brasileirão 2020 tivemos rodada dupla. Calma, não foram dois jogos e sim duas tarefas diferentes, unindo a saúde e o esporte.

A primeira coisa é agradecer ao apoio do Maracanã, que atendeu nosso pedido para entrar na campanha pelo Dia Mundial do Diabetes, 14 de novembro. O estádio já vem participando de ações, desde 2008, em que contamos com as mais variadas ajudas e atividades.

Com a pandemia, era importante encontrar uma alternativa para que as atenções continuassem voltadas para uma doença que afeta milhões de pessoas, o diabetes.

Reunimos então um grupo, com a Revista EmDiabetes – outro projeto independente que fazemos parte – e a Regional Rio de Janeiro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia para fazer o pedido oficial. Prontamente atendido.

Durante a semana, encaminhamos a ação para o site internacional World Diabetes Day e a iluminação do Maracanã entrou na programação oficial.

Bastidores da Cobertura

Tudo alinhado. Era hora de programar a cobertura. Entramos no Maracanã às 18h, três horas e meia antes do jogo do Flamengo x Atlético GO, pelo Brasileirão 2020. A ideia era acompanhar o início da iluminação azul. Do lado de fora, Celso Pupo, Dhavid Normando e Geraldo Fisher faziam os registros, inclusive com dois drones.

Essa sensação de estar no estádio sozinha, em um momento assim, foi pra lá de especial. A pandemia não impediu que fizéssemos a nossa parte. Fotos Celso Pupo, Dhavid Normando (drone).

Maracanã iluminado de azul
Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *