Futebol Carioca Vai Recomeçar

Facebooktwitterpinterest

Essa discussão começou e não parou mais porque envolve muito mais coisas do que apenas o jogo em si. São protocolos e mais protocolos de quem joga, de quem trabalha, de quem faz a cobertura, de quem transmite, de quem monta a logística para o estádio abrir e por ai vai. Não são poucas pessoas.

E o que não temos visto de forma intensiva é sobre como será o retorno do público. Aliás, muitas decisões tomadas em um curto espaço de tempo e o tempo foi o que mais mudou em todo esse contexto da pandemia da Covid-19. E se não tivermos todos os cuidados necessários, tudo vai voltar e de uma forma pior, enquanto não surgir uma vacina capaz de dar uma luz no fim do túnel.

O assunto é extenso, então vamos por partes começando por diversos questionamentos e respostas dos internautas sobre o retorno nesta quinta-feira, do Campeonato Carioca no Maracanã, para o jogo entre Flamengo x Bangu. Muitas perguntas, algumas respostas, várias sugestões e análises gerais.

Começando por uma pesquisa no Twitter, com uma amostragem de cerca de 200 pessoas. Apenas uma opinião geral de torcedores. Entretanto a soma dos percentuais talvez seja significativa: 91.3% não está dando importância ao Campeonato Carioca. Mas sabemos que a paixão dos torcedores sempre tem uma influência muito forte em diversas colocações.

Outro dado sobre a Covid-19 também poderia ser um norte para algumas decisões.

Sem Público no Maracanã

A decisão principal é que os jogos poderiam voltar, mas sem público nas arquibancadas não só no Maracanã, mas nos outros estádios. Entretanto como a estreia é por aqui, vamos pensar em etapas. Vamos de Maracanã.

O torcedor Mario Costa, pelo Twitter, acrescentou uma questão às nossas dúvidas: “Eu faço até outra pergunta. Por que jogar sem público no Maracanã e à noite com o custo da energia elétrica? O mando é do Flamengo? Joga na Gávea de dia. O gramado foi trocado recentemente, não foi?

Outros comentários no Twitter

Dinarte – Acho que toda a imprensa, apesar do dever de informar, deveria não comparecer ao jogos do COVIDÃO. É um absurdo o que a @FFERJ e alguns clubes, como @Flamengo , estão fazendo. Mas, depois que o RL foi na posse do FF, dá pra entender a pressa em “reabrir” o COVIDÃO.

Fabio Pereira – E a gente que mora no entorno, vê que nenhum protocolo de segurança é feito no hospital, quiçá dentro do Maracanã. Era para, ao menos, limpar durante 1 semana as áreas internas. O tal “Plano Jogo Seguro” de seguro não tem nada.

Babi – Se tem time que demorou 90 dias pra fazer teste nos seus atletas e funcionários, você acha que estavam se preocupando com estádio?

Rodrigo – Também tenho uma dúvida, já que os jogos são sem público, por que o @maracana ? Por que não outros estádios com taxas bem menores?

Edson Kura – O Maracanã foi higienizado para a Live de domingo passado. Realmente os estádios fechados não tinha a necessidade de ser higienizados. Aliás os estádios deveriam lavar as cadeiras com certa frequência

@taytayago – Há dois meses, pois por ser aberto, fica sujo novamente. A limpeza deve ser ordenada e coordenada antes e depois de cada evento, para que ao chegar o torcedor pegue um estádio limpo, cadeiras que seja possível sentar sem sujar a roupa, banheiros higienizados e muito mais.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *