Fluminense 0 x 0 Atlético MG no Maracanã

Facebooktwitterpinterest

Com certeza a gente esperava que não tivesse tido tempo para escrever, filmar, tuitar, gravar reels e takes para as redes sociais. Quando a gente consegue fazer tudo isso é porque o jogo está longe de ser animado. Assim foi o 0 a 0 entre Fluminense e Atlético Mineiro, pelo Brasileirão 2020. Foram poucos momentos realmente de grandes perigos para as duas equipes. O maior susto ficou por conta dos estouros – que pareciam morteiros – vindo do lado de fora do Maracanã. De resto foi ruim para as duas equipes com um pontinho pra cada lado.

 

Brasileirão Acabando

Retomamos às coberturas nessa reta final do Brasileirão. São as últimas rodadas e não sabemos como será o próximo campeonato. Vão conseguir trazer o público de volta, com tantos problemas que ainda vivemos? Existe saída? O melhor é esperar?

Enquanto temos mais perguntas do que respostas, continuamos registrando corredores com circulação só da imprensa e de quem está trabalhando nas partidas, da rampa monumental sem ninguém, mas que continua imponente como sempre.

São muitas dúvidas, que parecem não ser só nossas. Já notaram que não existe um consenso em relação a trilha sonora dos jogos. No início não havia nada, depois vieram os DJs de jogos e agora cada um tenta uma alternativa diferente. Como e porque escolheram a gente não sabe. Talvez na tentativa e erro. Mas chegamos ao final do Brasileirão 2020 sem saber o que seria melhor.

 

Herança da Conmebol

Voltamos ao Maracanã, depois da final da Libertadores e, com a nossa mania de ficar olhando outras coisas além do jogo, deu para perceber algumas heranças que a Conmebol deixou. Uma delas e a mais útil, com certeza, foi o gramado do Maracanã. Está muito bom e colocação inevitável: dá para fazer um bom trabalho e o gramado ficar bom.

As outras são mais para divertir um pouco. Uma é que parece que esqueceram uma conexão wifi da Conmebol aberta e resolvemos contar isso no Twitter, para os torcedores. Melhor do que comentar foram as sugestões de tentativa de senhas para conectar: “Experimenta 1234567”(ReginaldoGuilarducci), “Já sei a senha – Palmeirasnãotemmundial” (Fabiootito), “Cristina, nosostros nos olvidamos de una rede wi-fi en Maracanã, Brasil ¿Puedes ayudarmos? (Fabio Carvalho).

E a cada jogo as sinalizações vão ficando pelo caminho. Ainda tem o papel preso nas bancadas que sobrou da Copa América e agora o selo de imprensa da final da Libertadores.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *