Flamengo 1 x 1 Botafogo com os dois gols nos momentos finais da partida

Facebooktwitterpinterest

Sabe novela, que você assiste o primeiro e último capítulo? O jogo deste domingo entre Flamengo e Botafogo foi mais ou menos assim. Tudo acontecendo no início e nos acréscimos da partida, principalmente se estamos falando dos gols – Pedro Raul e Gabigol . Um golaço de Pedro Raul e também de Gabigol, já que vencer o Gatito não é uma tarefa simples.

Duas questões merecem ser mencionadas. Uma foi a volta da pressão na saída de bola do Flamengo, mais no primeiro tempo, e a velocidade dos contra ataques do Botafogo. Isso fez o jogo ficar mais movimentado. As críticas são esperadas ainda mais da Torcida do Flamengo em função do que aconteceu em 2019. Já o Botafogo vem subindo de rendimento com as decisões e o trabalho do Autuori.

Se nas arquibancadas não há aquela pressão por resultados, nas redes sociais  – que é a atual estádio, enquanto os cuidados para que o novo coronavirus seja controlado – a cobrança continua grande. Reclamações aqui e ali, mas algumas coisas mudaram, inclusive a postura do técnico Domènec à beira do gramado, ficando menos passível.

Vamos aos outros olhares do jogo, como a elegância dos dois técnicos – Autuori e Domènec  – nas análise do jogo na coletiva. Seriedade, sem provocação e interpretação interessante. Coletivas assim a gente sente falta. No início do jogo, uma conversa entre os dois.

Bastidores do Jogo

Se na última partida o sistema de som do Maracanã fazia com a gente nem escutasse pensamento, a regulagem dessa vez foi bem feita. Um volume bom, para não ter aquele silêncio esquisito, mas sem exagerar. Assim foi  possível, por exemplo, em um ataque do Botafogo ouvir o “deixa deixa” da defesa da Flamengo.

Nas arquibancadas, notamos as cadeiras mais limpas e soubemos que na véspera foi feita a higienização, igual a que é feita durante a partida no gramado. Falando em gramado, ainda falta muito para ficar bom, entretanto o estado geral parece melhor.

O que não está bom são os esquecimentos ligados às redes sociais. Explico. Por que ainda não trocaram aquela mensagem do Twitter e Instagram do perfil do Maracanã, que ainda pede para postarem fotos se estiverem no estádio? Bom, eu postei, e os “estagiários” não repostaram. Está na hora de rever tudo né.

Os problemas do credenciamento continuam e sem o Celso Pupo, fotógrafo, no trabalho tenho que me dividir pra fazer um pouco de tudo. Então foram registros da comemoração do Botafogo e da vibração de Juan na hora do pênalti.

O “Algoritmo” do Credenciamento da CBF

Para os jornalistas a situação está complicada e vamos sempre falar sobre o que está acontecendo porque é importante rever as aprovações e negativas. Com certeza um algoritmo estaria fazendo um trabalho melhor do que temos visto. O que fazer? Continuar levantando a questão para que possam entender que é possível rever.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *