Botafogo 1 x 0 São Paulo no Nilton Santos

Facebooktwitterpinterest

Pode respirar gente, saiu o gol que o Botafogo precisava para a vitória no jogo com o São Paulo. Não foi aqueeeele jogo, e todo mundo sabe, inclusive os torcedores, mas isso é outra história. O gol do Kayke resolveu os três pontos.

Partida com muitas faltas, um monte de cartões amarelos e vários momentos de desatenção dos dois times Sabe aquela pelada de amigos que tem chutão sem olhar pra onde vai a bola? Ou aquele chute no vazio e sai procurando onde a bola está? Pois é. Em avaliação geral,  em matéria de jogo, nada bom para nenhum dos lados. (fotos de jogo, Celso Pupo/DC Press)

Entre as faltas preocupantes, uma em Erison, que por pouco não foi substituído logo no início da partida. Os torcedores do Botafogo marcaram em cima para se não tivesse ação do juiz, poderiam tentar no grito. Algumas vezes funcionou e em outras não.

 

Torcida do Botafogo

Era difícil prever como seria a presença de público e o ânimo do torcedor do Botafogo, mas pelo que vimos a atitude foi muito mais correta, cantando e apoiando o time do que outras que a gente nem vai falar aqui pra não dar mais ibope. O que vale lembrar é que o futebol não pode ser terra sem lei e que vale tudo.

Reclamar, apoiar, vaiar, colocar faixa, isso sim, mas zero tolerância para o que vimos recentemente. Chay até que foi perto do Setor Leste e pediu mais apoio, mas aquele reunião no fim da partida e o agradecimento para a torcida não rolou.

Nas arquibancadas, 18.677 presentes, 17.135 pagantes e renda de R$ R$ 453.785,00.

Gramado

Não dá para afirmar com 100% de certeza, mas o que deu para ver daqui o alto, o gramado do Nilton Santos não parecia está em ótimas condições. Talvez, justamente, a questão do sol, porque antes da partida começar a gente vê que o sol não bate no gramado. Mas também vimos uma espécie de mistura de gramas, sendo algumas aparentemente mais novas. Seria importante avaliar quando será possível ver isso e como será o gasto para o Textor. Será que está nos planos?

Antes do jogo

O tempo estava bom, com céu limpo e nada de nuvem, mas não se enganem porque carioca sente frio e era só estar na sombra para sentir que à noite iria esfriar. Mas enquanto o relógio marcada duas e pouco da tarde dava para ir levando sem problemas. Ainda mais que a concentração de gente aquece, certo?

O volume maior de torcedores se concentrou mesmo no acesso Leste, na Rua Dr. Padilha. Sem filas muito significativas na bilheteria, mas observamos que muita gente entrou depois.

Passamos por lá por volta das 15h e o movimento era bom. Dessa vez, o setor Norte ficou fechado.

Trânsito no entorno

Como é programada, a Rua Dr. Padilha fechou e tivemos um pouco mais de trânsito carregado na Rua das Oficinas, mas observamos hoje que os operadores de tráfego orientaram melhor a distribuição da entrada do estacionamento. Não tivemos problemas para chegar pela Rua Piauí.

Parece que a complicação surgiu quando a Torcida do São Paulo chegou e o BEPE fechou a Rua Arquias Cordeiro. Tudo parado por lá, até que o pessoal passasse para entrar para o Setor Sul.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.