Mesmo jogo, com placar e clima diferentes. Flamengo 3 x 2 Athletico PR

Facebooktwitterpinterest

Um cenário completamente diferente de 2019, quando Flamengo e Athletico PR se encontraram pela Copa do Brasil. E como nada foi igual, o placar também mudou, com vitória do rubro-negro, por 3 x 2, somado ao 1 a 0 na partida de ida.

Resgatamos a publicação de julho do ano passado, no encontro dos dois times e foram 65 mil ingressos colocados à venda e um público de 69.980 presentes no Maracanã. Uma festa gigante, mas o pessoal saiu desapontado.

A Torcida do Flamengo não estava presente este ano e, com certeza, teria feito uma enorme festa com o resultado, mesmo com aquelas reclamações normais, dos torcedores, porque o time anda dando algumas bobeiras. Parece que é teste pra cardíaco mesmo.

Mais Perto do Gramado

Se era para ser outro cenário, também fizemos o mesmo caminho. A cobertura não foi da Tribuna de Imprensa e sim lá do setor oeste inferior, que fica bem mais próximo do gramado. Foi ali que deu pra ver um lindo drible do Everton e os dois gols de Pedro ainda no primeiro tempo. Ainda tivemos gol anulado e Michael marcando no finalzinho. Pelo Athletico – Guilherme Bissoli e Erick.

Se lá do alto, com a pressão da torcida dá pra sentir o clima do jogo, já bem perto do gramado a sensação também é de tensão, porque você percebe melhor – ainda sem o barulho da torcida – a troca de informações.

Andamos pela rampa monumental, corredores e pelo meio das cadeiras, sendo que o número de marcadas para uso e não uso está aumentando. Parece um sinal que algumas coisas devem mudar, mas ainda preocupa a decisão.

O Flamengo passou para mais uma fase da Copa do Brasil e agora é aguardar como será o próximo encontro na competição.

Aproveitamos para agradecer a colaboração da equipe de planejamento do Maracanã, que atendeu a um pedido nosso para um reforço no policiamento na saída do jogo. O entorno fica bem vazio, tudo diferente, tudo diferente. As viaturas ficaram posicionadas em locais mais estratégicos, dando mais segurança para os jornalistas que estavam trabalhando.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *