Taça Rio: Botafogo 1 x 1 Bangu

Facebooktwitterpinterest

Tudo diferente, desde o tempo de 13 min pra sair do Maracanã e chegar ao Nilton Santos. Até que não era tão diferente de um domingo calmo, mas, mesmo assim, o fluxo de carro era menor e no entorno do estádio, foram pouquíssimos minutos pra entrar no estacionamento Norte 2.

Era estreia do Honda, pelo Botafogo, em um momento que ninguém poderia imaginar: sem público.

O momento foi inesperado para o mundo inteiro e não é hora de reclamar por isso, pelo contrário, são medidas necessárias para conter uma curva de crescimento do Coronavirus, enquanto é possível e se aguarda um medicamento ou vacina.

O jogo? Olha, foi mais ou menos no ritmo que tem sido os anteriores, com mais intensidade no início e desacelerando. Com dois jogos acontecendo no domingo, tivemos que ficar no primeiro tempo e sair para o Maracanã no início do segundo. Com esta tática deu para registrar o primeiro gol de Honda, que bateu o pênalti. O gol de empate do Bangu aconteceu no segundo tempo, marcado por Jairinho.

Barulho de Bateria

Os times estavam em campo quando ao longe dava para ouvir uma batucada. Parecia do lado de fora no setor Leste. E era. No Twitter da Rádio Brasil foi registrado um grupo de torcedores que ficaram na frente do acesso.

Manifestação do Botafogo

Jogadores do Botafogo entraram com máscaras e faixa para chamar a atenção da campanha de alerta do Coronavírus. Formas dos atletas tentarem, de alguma forma, se engajar e convencerem os torcedores.

Agora é aguardar a decisão da Federação, depois do aviso – no fim da tarde – que a CBF havia suspendido todas as competições nacionais. (fotos Celso Pupo)

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *