Carioca 2020: Resende 1 x 3 Flamengo

Facebooktwitterpinterest

O jogo desta quarta-feira à noite, era mais do que uma partida da Taça Guanabara para o torcedor do Flamengo. Era o reencontro da torcida com o time campeão do Campeonato Brasileiro e da Libertadores, além da estreia de alguns reforços. Para o Resende era um momento para tentar fazer bonito no Maracanã cheio

De volta das férias, o elenco principal rubro-negro entrava em campo pela primeira vez em 2020 e foi recebido com muita festa pelos rubro-negros. Durante a escalação, cada nome era gritado como um gol. Gabigol e Jorge Jesus então, nem se fala. Foram ovacionados.

A torcida foi bem paciente nos primeiros 45 minutos e reconheceu o esforço da equipe, que teve boas chances. Na saída para o intervalo, o time foi aplaudido, apesar do 0 a 0.

Na etapa final, o Resende marcou primeiro, com Alef Manga, com direito a comemoração igual a do Gabibol, e com beijinhos para a torcida, que estava no setor Sul. O pessoal ensaiou uma bronca, mas a estrela de Pedro brilhou na estreia e o atacante empatou. Para explosão da torcida. A virada veio com o cara da galera, Gabigol. Bruno Henrique fechou o placar.

Dos reforços, além de Pedro, Gustavo Henrique e Michael também estrearam. (fotos do jogo Celso Pupo)

Público e Renda e Rodada Dupla

Os comentários nas redes sociais procedem, porque segunda-feira e embaixo de muita chuva, o público foi excelente com 53.681 presentes, 50.454 pagantes e e renda de R$ 1.796.902,00.

Tivemos rodada dupla no Maracanã e Maracanãzinho e vale um pedido de ajustes no trânsito de torcedores no entorno. Já falamos aqui que é preciso bom senso para escolhas, de acordo com os jogos. Em uma partida com o Resende não há a menor necessidade de fechamento de acessos para os torcedores. Não há conflito e nem confusão.

Torcedores que sairam do basquete tiveram que dar a maior volta, debaixo de muita chuva, para chegar no acesso Oeste. Sem necessidade nenhuma.

Chegada da Torcida

Mesmo com rodada dupla, a chegada da torcida ao Maracanã foi bem tranquila. No Maracanãzinho tinha o jogo de Basquete e no Maracanã o futebol.

É bem verdade que os torcedores chegaram com chuva, que começou às 17h, depois de um dia ensolarado e abafado. Apesar disso, zero  problemas, tirando o fato de ter que acelerar o passo um pouquinho quando a chuva apertou, por volta das 19h.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Patricia Bernardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *