Carioca 2020: Botafogo 2 x 1 Resende

Facebooktwitterpinterest

A resenha hoje é diferente, muito diferente. Isso porque o temporal que desabou no Rio de Janeiro mudou todos os planos da cobertura. Primeiro, tínhamos dois jogos nesta noite e a opção – em função de menos coberturas comparadas as em São Januário – foi para Botafogo e Resende, no Nilton Santos.

 

Muito calor quando chegamos ao estádio. Movimento era pequeno, confirmado depois com público de 5.225 presentes, 4.244 pagantes e renda de R$ 73.317,00. Mas tudo relativamente tranquilo. O jogo começou e o calor era muito forte, sem uma brisa, nada… Times entraram em campo e o primeiro tempo foi bem devagar. De repente começou a bater um vento, daqueles que significam: vem coisa ai. Antes que piorasse, guardei meus equipamentos todos na mochila, continuei com celular e entrei ao vivo, justamente na hora do gol do Resende, com Geovani.

O vento foi aumentando muito rápido e rápido também desabou uma tempestade, com raios e trovões. Não dava para continuar na área da Tribuna porque a chuva vinha com tudo e em todos os lados. Jogo parado e jogadores – além da imprensa – deixando rapidamente o gramado. Foi forte, com chuva caindo com vontade.

A dúvida seria se a partida iria acontecer. A drenagem do gramado estava muito boa e o sinal de que iria melhorar foi aparecendo. Times de volta e o jogo recomeçou.

Entretanto, as notícias da nossa região – Maracanã – não eram das melhores. Árvores caídas e fechando ruas, Avenida Maracanã e Rua Eurico Rabelo alagadas. Não dava para arriscar. Esperamos o primeiro tempo acabar, contamos com as informações dos amigos do Twitter e voltamos pra casa.

Na hora da saída ainda ouvimos a comemoração do gol de empate do Botafogo, marcado por Bruno Lazário. Trajeto para casa foi sem grandes transtornos mas a entrada na nossa rua teve que ser na contra-mão, com a Rua Eurico Rabelo cheia d’água e uma enorme árvore caída na esquina. Chegando em casa, mais um gol, agora de pênalti, com Pedro Raul. Botafogo vencia de virada.

Em tempo: Confusão com o tempo e a luz em São Januário e depois de várias mudanças de decisão, o jogo entre Vasco e Cabofriense foi adiado para sexta-feira, 11h da manhã. Tinha dois jogos pra acompanhar e acabei ficando com meia partida.

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *