Brasileirão 2019: Fluminense 1 x 1 Santos

Facebooktwitterpinterest

Não tem jeito, o fato que roubou a cena do jogo entre Fluminense x Santos foi a discussão entre Ganso e Oswaldo de Oliveira. O bate boca que por pouco não virou briga de verdade aconteceu na hora da substituição do jogador, no segundo tempo. (foto Ide Gomes)

A Torcida do Fluminense que não estava muito satisfeita com tudo, esqueceu um pouco os problemas, apoiou o jogador e começou a vaiar, ainda mais, o técnico. Alguns desceram mais próximo da mureta perto do gramado para pedir a saída do técnico do Fluminense.

As vaias e xingamentos continuaram até o fim da partida. Complicado o clima entre os dois. Ainda tivemos a cena de Oswaldo na saída “mandando” aquele dedão para a torcida. Era dia de acompanhar a coletiva e aquela cena, igual ao que aconteceu com o ex-técnico Diniz, foi que estava tudo resolvido e que não havia mais problema. Todo mundo sabe que não é isso que aconteceu.

O jogo? Ruim. Desculpem se fujo um pouco da opinião geral, mas não acho que tenha sido um bom jogo para o Fluminense. Faltava finalização, concentração e estratégia. Não é à toa que o gol de empate tenha sido contra. Será que teria conseguido? Bom, a Torcida espera alguma coisa e rápido.

 

Público no Maracanã

Mais um dia que trabalhei em duas áreas e com o jogo mais cedo – 20h – tive que correr para dar tempo de acompanhar o jogo. Esperava um público pequeno, porque a fase não está nada boa. Por outro, havia ingresso de meia-entrada a R$ 5,00, o que poderia ser um motivo para animar os tricolores.

Mas nada, o impacto foi grande quando entrei, porque realmente para o tamanho do Maracanã, o público era reduzido.

Foram chegando, principalmente em função do horário, mas longe de ser um bom público para o Maracanã. Comentários eram de surpresa, preocupação, provocação e por ai vai.

Foram 10.637 pagantes, 11.032 presentes e renda de R$141.015,00, que a gente sabe não vai fechar as contas.

 

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *