Copa Sulamericana: Botafogo 1 x 0  Defensa Y Justicia

Facebooktwitterpinterest

Depois de terem enfrentado um temporal violento e muito vento durante todo o jogo, a galera botafoguense merecia sair com uma vitória. E foi assim, no último minutinho da partida. Vitória suada, sofrida e nem dá para avaliar tão tecnicamente o que rolou dentro das quatro linhas porque era muita água.

Do jogo o que vale foi o 1×0, mas em compensação teve muito assunto paralelo. (fotos do jogo Celso Pupo)

A imagem não está ruim, é a chuva mesmo.

Imprensa ou Público?

Para começar vale comentar que apesar de ter pedido credenciamento, não utilizei. Não fui como imprensa e sim na arquibancada e explico o porquê.

A imprensa sabe que existem direitos de imagem e, por isso, sempre que tem um lance ou até um pênalti, nossas lentes apontam para as arquibancadas. Entendemos estas regras em todos os jogos. Só que não foi bem assim em relação à Copa Sulamericana e também será na Libertadores. A Conmebol determinou que nem fotos de celulares podiam ser feitas pelos jornalistas.

A informação veio assim que chegamos, na hora que íamos registrar a chegada do ônibus do Botafogo. “Não pode”. Qualquer imagem só fora do estádio ou na zona mista. Os celulares não são permitidos nem para fotos.

Mundo do Futebol x Mundo Digital

Foi um choque de tecnologia pra mim. Isso, porque pela manhã participei de um encontro na Microsoft, onde falamos sobre big data, empreendedorismo, novas tecnologias, nuvem, análise de dados e por ai vai. Quando chega à noite, você não pode utilizar um celular para transmissões de informações sobre um jogo de futebol. Não é à toa que esse segmento está sempre correndo atrás do tempo perdido. Só se muda, quando não há mais o que fazer. Mas enquanto for possível travar a entrada de novas possibilidades será feito.

Colocar a transmissão via facebook não é tecnologia é negócio.

Complementando às outras regras, do tipo, não pode bandeira, mosaico etc, os fotógrafos não podem usar guarda-chuva, mesmo debaixo do dilúvio de hoje. Com certeza, muito equipamento pifou hoje.

Se não pode usar, o que vamos fazer? Na coletiva sobre as transmissões, perguntei o que aconteceria se por acaso o torcedor na arquibancada puxasse o celular e fizesse registros? A declaração dos representantes da Conmebol foi que “o torcedor pode fazer o que quiser com o celular dele”. Então, deixei de entrar como imprensa, comprei ingresso e fui como público. Mas quando se trabalha certo, temos ajuda de muitos lados e fica aqui nosso agradecimento especial e quem precisa entender, vai entender.

 

Os Deuses do Futebol devem ter despejado toda a ira com tantas “novas” regras ou só “ajustadas” como eles dizem. As placas de publicidade e do nome do torneio não pararam em pé. Para que isso acontecesse, auxiliares tiveram que ficar segurando e não foi tarefa fácil. As placas ganharam de goleada.

 

Será que não tem algo errado nisso tudo? Com certeza tem e aquela esperança que tive ao ver a palavra Blog, no campo de credenciamento do Sorteio da Copa América, se foi. Nós mudamos a cada nova possibilidade de tecnologia para divulgar a informação, enquanto isso…

Facebooktwitterpinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *