Flamengo 3 x 1 Grêmio

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Hoje tive que fazer uma cobertura diferente e brinquei dizendo que era cobertura raiz. Isso porque a saúde me obrigou a ficar em casa e não ir pra rua e depois nas arquibancadas, como geralmente fazemos. Mas foi interesssante voltar a ficar na janela e acompanhar a chegada dos torcedores do Flamengo para o jogo com o Grêmio, no Maracanã.

Tinha até esquecido que a gente  que nem precisa do rádio para saber o resultado do jogo. Morar do lado do Maracanã tem que ter estratégia, mas sempre é muito bom. Enquanto acompanhava de longe – mas nem tanto – o Maracanã avisava quando era gol rubro-negro. Foram três e sempre a comemoração de lá, vem antes até do pessoal nos bares, aqui no entorno.

 

Vamos deixar a conversa sobre o jogo para o pessoal que acompanhou lá dentro. Nós ficamos de ouvidos ligados aqui fora. Só que as imagens você confere, porque o Celso Pupo estava no gramado e fazendo ótimos registros, como sempre. Foram três gols para o Flamengo, com Arão, De Arrascaeta e Everton Ribeiro, pelo Grêmio (de pênalti) foi Rafael Galhardo.

Rafael Galhardo comemora gol durante Flamengo x Grêmio realizada no Maracanã pela 14ª rodada do campeonato Brasileiro, na noite deste sábado (10), no Rio de Janeiro, RJ.
Everton Ribeiro e De Arrascaeta durante Flamengo x Grêmio realizada no Maracanã pela 14ª rodada do campeonato Brasileiro, na noite deste sábado (10), no Rio de Janeiro, RJ.

Mais uma vez, um ótimo público no Maracanã, com 57.644 presentes, 53.970 pagantes e renda de R$ 2.420.747,00.

Chegada dos Torcedores

O comportamento da chegada da torcida do Flamengo em jogos aos sábados, às 19h, tem se repetido e hoje, como fiquei de outro ângulo, deu para confirmar. O volume de gente vai chegando aos poucos, desde às 4 da tarde. Na rampa do metrô, a quantidade de gente vai se alterando com a chegada dos trens e metrô, mas lá pelas seis, era a massa de gente que dava pra ver daqui da janela.

Quem chega cedo mesmo é o flanelinha e se arrisca viu. Hoje vi vários correndo pelo meio da rua, atravessando na frente dos carros e com um pique que era preciso saber como conseguem.

O pessoal vai chegando e andando em um ritmo normal e os passos acelerando a medida que a hora da partida vai chegando. Resumindo, melhor chegar com calma porque já basta o estresse na hora do jogo. Outra coisa que precisa ser levada em conta, ultimamente, é que o estacionamento da UERJ – em função de uma liminar que está proibindo o uso em dias de jogos – permanece fechado e o trabalho para encontrar uma vaga está maior. Se vem de metrô, trem ou ônibus também é melhor chegar com mais calma.

 

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *