Brasileirão 2019: Botafogo 0 x 1 Santos

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

O Botafogo resistiu bem à pressão do Santos no primeiro tempo, mas no segundo, com muitos momentos de desatenção, acabou tomando um gol – marcado pelo Marinho – e por pouco não foram mais de contra-ataque, parando no Gatito. As coisas não deram certo. Mesmo com um a mais, o time não rendeu como precisava. Até a última cobrança de escanteio, que sempre é importante, foi muito mal cobrada.

Torcida reclamou. O número de torcedores foi bom, com 16.248 presentes, 13.505 pagantes e renda de R$ 480.278,70. A torcida do Santos acabou chegando (a maioria)  quando o primeiro tempo estava acabando. (fotos do jogo, Celso Pupo)

Agora é concentrar na quarta-feira, que tem Sulamericana. No sistema de som, no final da partida, foi avisado que as bilheterias estavam abertas. Uma pena, porque se tivesse, pelo menos, empatado, os alvinegros iriam direto comprar. Agora é esperar o humor voltar.

Gramado do Estádio

Do alto, pelo que dava pra ver, parece que precisa de reparos. No centro e área dos goleiros são os locais que mais precisam. O sol nessa época está em todo o espaço, com um trecho pequeno na sombra, perto do setor Norte à direita.

Intervalo, Patrocínio e Homenagens

Fora das quatro linhas, o jogo também foi movimentado. Antes da bola rolar, Leo Batista recebeu uma camisa personalizada e homenagem pelo aniversário. No intervalo, além da ação com os sócios torcedores, teve pedido de casamento e homenagem ao Mendonça, no telão.

Homenagem ao reporter Leo Batista durante Botafogo x Santos. foto Celso Pupo

Chegando ao Estádio Nilton Santos

Mais um jogo no horário das 11h da manhã. Fizemos uma programação para ver como seria o trajeto Maracanã-NiltonSantos. A opção foi sair por volta de 9h e em 15 minutos estávamos entrando no estacionamento.

O trânsito na Rua 24 de Maio estava livre. Uma ótima opção, que é bem diferente dos horários durante a semana, junto com a saída do trabalho. Pelo que acompanhamos, muita gente fez algo parecido em relação ao horário e foi distribuído pela manhã, até a hora do jogo.

Com exceção da bilheteria do Setor Norte, na Rua Arquias Cordeiro, passamos por todas e sem grandes problemas. Aglomeração, mas sem filas para perder tempo. Se você passou e pegou muita fila, pode ter certeza que chegou em cima da hora. Hora de reprogramar sua rota.

Tivemos uma mudança na chegada dos torcedores do Botafogo, que ao descer pela rampa do trem eram orientados a seguir pela Rua José dos Reis mesmo se tivessem que chegar ao setor leste. Um trecho do acesso sul ficou reservado para torcida do Santos.

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *