Final do Campeonato Carioca 2019: Flamengo 2 x 0 Vasco

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Na maioria das resenhas antes do jogo, os torcedores do Flamengo falavam que a vitória não era difícil, mas muitos resolveram esperar. Em uma destas conversas, os torcedores lembraram de outros tempos, em que a preocupação seria maior. E assim foi. Era uma mistura dos dois lados. De um aquela sensação que daria, mas era preciso atenção. Do outro, sempre há esperança com o histórico que tinha nesse tipo de situação. O resultado foi o previsível, já que depois da derrota do Vasco para o Santos no meio da semana, o clima não era dos melhores. (fotos Celso Pupo)

Em alguns momentos, os dois times se estudavam, mas depois do gol, veio aquela relaxada geral. Abel Braga na coletiva disse que não achou que o time foi bem, mas a vitória valeu. Ao ser perguntado se dedicaria o prêmio a alguém, ele ofereceu ao técnico Zé Ricardo. Abel mencionou o apoio que recebeu do Zé Ricardo quando perdeu o filho e que o resultado do jogo começou com ele.

Willian Arão comemora gol durante Vasco x Flamengo pelo segundo jogo da final do Campeonato Carioca 2019, realizada no Maracanã, na tarde deste domingo (21), no Rio de Janeiro, RJ.

Torcidas de Flamengo e Vasco

A Torcida do Flamengo, mais uma vez, veio em grande número ao Maracanã para o jogo.  Mesmo com as dificuldades tivemos um bom número de torcedores do Vasco nas arquibancadas.  Acompanhamos um início de confusão no limite dos setores Sul e Leste superiores. Os ânimos ficaram quentes e foi preciso intervenção por lá. Foram colocadas duas filas de seguranças e PMs nos dois lados e a faixa branca que, geralmente, é usada para separação de torcidas visitantes. Depois disso, o setor ficou sob controle.

A cantoria não parou um minuto dentro do estádio.

O público da final entre Flamengo x Vasco foi de  52.398 presentes,  47.995 pagantes e renda de  R$ 2.152.256,00

Chegada dos Torcedores de Flamengo e Vasco

O planejamento para o entorno do Maracanã foi feito com antecedência e dentro do que tem acontecido nas partidas anteriores. Trecho do acesso sul somente para a Torcida do Vasco e a Torcida do Flamengo indo pela Radial Oeste ou pela Rua São Francisco Xavier.

Andamos em todo os entorno por cerca de uma hora e sem problemas entre as torcidas. Nos setores mistos e área onde circulavam rubro-negros e vascaínos sem confusão e até muita resenha sobre o que poderia rolar em campo. Era legal dar uma parada – quando possível – e ficar escutando. Muita gente com os pés no chão e menos oba oba. Ou demos sorte ou o pessoal estava mais sensato mesmo.

O problema foi outro. Duas situações complicaram a vida dos torcedores do Vasco. No RJTV informou que haveria venda de ingressos para os vascaínos nas bilheterias do Maracanã, mas sabíamos que essa não era a decisão da segurança. A escolha de não vender no Maracanã foi do BEPE para evitar que a Torcida do Flamengo comprasse ingressos do setor sul.

Mas no site do Vasco, no início da noite, constava a mesma informação, que depois foi alterada. Nas redes sociais do clube, a informação foi publicada corretamente.

Quando passamos na bilheteria 2, por volta das duas da tarde, não havia venda e vimos vários torcedores optando por pegar táxis e uber para ir a São Januário comprar ingresso. As bilheterias estavam programadas pra fechar às 15h. Mais tarde, quando já estava dentro do Maracanã, recebi aviso que tinham aberto a bilheteria. Assim fica difícil mesmo. Esse tipo de informação tem consequências e complicam demais a vida das pessoas. É preciso ter uma decisão só e seguir.

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Post Author: Cris Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *