Libertadores da América: Flamengo 0 x 1 Penãrol

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Como sempre a torcida do Flamengo fez uma bonita festa no Maracanã.  Foram 66.716 presentes, 61.576 pagantes e renda de R$ 2.672.773,50. Mas em campo, não foi bem assim. Os jogadores tiveram uma recepção calorosa, com muitos cantos e muita vibração a cada roubada de bola, cada chute para frente. Mas também tiveram muitas reclamações ao árbitro. (fotos Celso Pupo)

Dentro de campo o jogo não foi bom e piorando a medida que o tempo passava. Se os torcedores já percebem quando algo não vai muito bem, imagina quando vai mal… Os jogadores pareciam nervosos e o Flamengo perdeu algumas oportunidades de gol. O torcedor viu Gabigol perder uma chance incrível e o goleiro do Penãrol fazer grande defesa. Mas também levou sustos. Diego Alves fez uma defesaça ainda no primeiro tempo.

Como típico jogo de Libertadores teve também muita cera, catimba e vermelho para Gabigol, depois de falta dura no adversário. Não foi falta de aviso viu. Todo mundo já havia mencionado que ele andava pilhado E teve gol também: um anulado do Flamengo e o do time uruguaio, que acabou vencendo o jogo por 1 a 0. No final, a torcida uma ensaiou uma vaia para o time que não teve uma boa noite, mas até bem menos forte do que mereciam.

Everton Ribeiro e Brian Rodríguez durante Flamengo x Peñarol realizada no Maracanã pela Copa Libertadores, na noite desta quarta-feira (3), no Rio de Janeiro, RJ.

A Torcida

Monitoramos a chegada dos torcedores do alto e observamos que não foi aquele volume de gente e todo mundo ao mesmo tempo. Por todos os acessos, os grupos iam aumentando, aumentando e confirmamos isso ao olhar nas arquibancadas. Eram 9h da noite e muita gente nas arquibancadas.  Por volta das 21h15 já deu para fazer uma panorâmica com um grande número de torcedores nas arquibancadas do Maracanã.

Também observamos que a entrada nos acessos aconteceu sem problemas enquanto monitoramos do alto.

Devido à confusão que teve no período da tarde, em Copacabana, entre torcedores do Peñarol e do Flamengo, o clima entre as torcidas não estava muito amigável. No entanto, no entorno do estádio as coisas transcorreram sem grandes problemas.

Uma parte da torcida do Peñarol entrou antes no Maracanã para evitar qualquer tipo de confusão.  Tiveram os xingamentos de praxe entre os torcedores, na chegada dos uruguaios ao estádio, mas nada muito exaltado.  Um esquema para a chegada do ônibus do Peñarol também foi montado, mas não registramos problemas.

Trânsito

Os tradicionais bloqueios das ruas atrasaram um pouco. O Viaduto Oduvaldo Cozzi, a Avenida Maracanã e a Rua Eurico Rabelo foram alguns dos locais interditados. Em alguns deles só se podia passar mostrando o ingresso. O trecho da Rua Eurico Rabelo, acesso do visitante, ficou totalmente isolado. Nem parecia que tinha jogo.

Apesar do grande fluxo de torcedores, as bilheterias estavam tranquilas, sem filas. O maior problema mesmo foi o trânsito. Avenida Radial Oeste ficou bastante engarrafada.

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Post Author: Patricia Bernardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *