Semifinal da Taça Guanabara: Flamengo 0 x 1 Fluminense

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Gol nos minutos finais do Fla Flu – com Luciano – garantiu a classificação do Fluminense para a final com o Vasco no Maracanã. A explosão e comemoração foram grandes, com os jogadores correndo em direção aos torcedores, com direito a jogarem camisas, pularem juntos e vibrarem de um jeito que há tempos a gente não via.

Jogadores tricolor comemoram a classificação para a final durante Flamengo x Fluminense realizada no Maracanã, pela semi-final do Campeonato Carioca (Taça Guanabara), no Rio de Janeiro, RJ.

Nesse momento, depois de uma noite que foi de emoção, a Torcida do Flamengo, que cantou o jogo inteiro sem parar, a não ser no minuto de silêncio, observou. E foi um dia até diferente, porque até aplausos para Vitinho a gente ouviu.

Como foi a partida? Não foi lá essas coisas, mas a vibração do Maracanã até fazia esquecer. Todos correram atrás, disso não se pode reclamar. Rolou até alguns bate bocas, aliás no gramado e na arquibancada entre os tricolores. Não sei o que aconteceu, mas depois do resultado esqueceram. E falando em correr, até o auxiliar técnico do Fluminense, na hora que foi chamar uma das substituições do Fluminense, deu um pique de corrida, que a gente cansou só de olhar.

O público mais uma vez foi excelente, sendo com a grande maioria de rubro-negros. Foram 54.544 presentes, 50.251 pagantes e renda de R$ 1.827.500,00.

Homenagens aos Garotos do Ninho

O jogo estava cercado de muita expectativa em relação às homenagens que a Torcida do Flamengo iria prestar. Foram balões brancos, distribuídos em kits que estavam na arquibancada. A ideia era que depois fossem estourados aos 10 minutos do primeiro tempo, mas uma parte começou logo após o minuto de silêncio. A cena bonita veio do gramado com os jogadores de Flamengo e Fluminense se misturando e se abraçando no centro do gramado.

Balões brancos foram soltos representando os meninos e depois foi a vez das arquibancadas ligarem os celulares aos 10 minutos do jogo. Essa foto, feita do lado de fora, foi enviada pela Gabrielle Peçanha (querida nora que também mora do lado do nosso Maraca)

Tivemos mais minuto de silêncio no início do segundo tempo em homenagens a Ricardo Boechat e Bibi Ferreira.

Difícil descrever toda a atmosfera que envolveu o estádio, mas isso ajuda a que a dor diminua um pouco, através do carinho que os torcedores demonstraram.

No intervalo outro momento pra ficar na história do Maracanã. No telão apareceu a camisa usada pelo Vasco no jogo de quarta-feira, onde estavam os escudos dos dois clubes. O locutor fez o agradecimento e, na sequência, muitos aplausos da Torcida do Flamengo. Cenas que muita gente não imaginava e quem veio acompanhou. Mas se você não veio, a gente te mostra.

 

Arredores do Maracanã

Mais um jogo que não foi comum e se é para ser diferente, resolvemos fazer uma cobertura diferente também. Isso significa que acompanhamos do alto e também de outros pontos do entorno do Maracanã.

Os ingressos estavam esgotados e só uma bilheteria abriu para venda para a Torcida do Fluminense. Do alto, andando pelo anel superior do Maracanã vi uma chegada sem problemas dos torcedores. Já não dá pra dizer o mesmo do trânsito. Com o fechamento da Rua Eurico Rabelo em um horário de rush a situação ficou muito ruim. Todos os acessos que passavam pelo estádio ficaram complicados. Viaduto Oduvaldo Cozzi, Radial Oeste, chegada pela Quinta da Boa Vista e por ai vai.

 

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *