Brasileirão: Vasco 2 x 0 São Paulo

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Não tinha como ficar calmo, com o placar marcando 1 a 0 em São Januário. E para complicar foram cinco minutos de acréscimos que, com certeza, pareciam duas horas. As vezes, segundos de silêncio, cantoria e apreensão, mas dessa vez o gol no finalzinho veio do Vasco e com uma explosão de alegria no jogo com o São Paulo. (fotos Celso Pupo).

Respira gente. O pessoal está precisando de uns dias de tranquilidade e mais paz.

Com esse resultado, a Torcida Vascaína saiu comemorando muito e vai continuar fazendo isso por várias horas.

Logo no início da partida, os torcedores começaram o trabalho, mas era nítido que faltava a confiança e a apreensão vinha e voltava. Pressionavam o visitante, mas o Vasco também. Em alguns momentos a reclamação era para todo mundo que passasse na frente e o pedido veio: Ei Vasco vamos jogar. Como sempre, seguido do grito Vaaaassscoooo.

A noite terminou com gol de Pikachu nos acréscimos. No primeiro tempo quem marcou foi Andrey, aos 18 minutos.

 

O público foi bom – menos do que no jogo anterior – com Público e renda de Vasco x São Paulo – 14.917 presentes, 14.426 pagantes, renda R$ 354.345,00.

Esquema de Segurança

Quando acabou tudo foi festa, mas existia a grande preocupação em confusão, caso o Vasco não vencesse a partida, como aconteceu no último jogo.

O número de policiais e seguranças foi maior e foram feitas mudanças nas arquibancadas, onde duas a três filas, na parte alta, não puderam ser usadas. Lá em cima e embaixo os policiais monitoravam tudo, inclusive com câmeras presas aos uniformes. Não vimos problemas e as orientações – até onde vimos – eram feitas de forma adequada. Bom saber que não foi preciso agir.

Entrada da Torcida

Parece que virou mania mesmo. Nem faltando meia hora para o jogo o pessoal entra em São Januário. O volume de gente só vai aumentando e se aglomerando, mas não se programam para, pelo menos estarem nas arquibancadas faltando uma hora. A cerveja e o churrasquinho na rua saem vencendo.

Enquanto tudo correr bem, sem problemas, mas recomendamos que – quem puder – evite a confusão. Os jogos já são tensos o suficiente para ter mais essa encrenca.

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Post Author: Cristina Dissat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *